Participação familiar no cuidado ao adolescente hospitalizado: revisão integrativa

Michely de Almeida Vasconcellos, Priscila Cristina da Silva Thiengo de Andrade, Ellen Marcia Peres, Helena Ferraz Gomes, Dayana Carvalho Leite, Inez Silva de Almeida

Resumo

Identificar a participação familiar no cuidado ao adolescente hospitalizado, a partir de evidências científicas encontradas na literatura. Revisão integrativa de literatura nas bases de dados LILACS, BDENF e MEDLINE, realizada em outubro de 2019. Foram incluídos artigos na íntegra disponíveis nos idiomas português e espanhol, provenientes de estudos secundários que respondessem à pergunta de pesquisa. Obtiveram-se 2.512 artigos, sendo selecionados 11 artigos. Os resultados apontam os sentimentos gerados pelo processo de hospitalização, a educação em saúde como ferramenta de promoção e adaptação do adolescente e família, as estratégias de enfrentamento, os conflitos entre a equipe de saúde e a família e inóspito cenário hospitalar. Conclui-se que a família faz parte do processo de viver do adolescente, constituindo-se de um mundo de símbolos, significados e valores. A participação familiar na internação do adolescente garante o bem estar subjetivo de ambos, garantindo conforto e a proteção.

Descritores: Adolescente, Hospitalização, Família.

 

Family participation in hospitalized adolescent care: an integrative review

Abstract: To identify family participation in the care of hospitalized adolescents, based on scientific evidence found in the literature. Integrative literature review in the LILACS, BDENF and MEDLINE databases, held in October 2019. Full articles available in Portuguese and Spanish, from secondary studies that answered the research question, were included. 2,512 articles were obtained, with 11 articles selected. The results point to the feelings generated by the hospitalization process, health education as a tool for the promotion and adaptation of adolescents and families, coping strategies, conflicts between the health team and the family and an inhospitable hospital scenario. It is concluded that the family is part of the adolescent's living process, constituting a world of symbols, meanings and values. Family participation in the adolescent's hospitalization guarantees the subjective well-being of both, ensuring comfort and protection.

Descriptors: Adolescent, Hospitalization, Family.

 

Participación familiar en la atención al adolescente hospitalizado: una revisión integradora

Resumen: Identificar la participación familiar en el cuidado de adolescentes hospitalizados, con base en evidencia científica encontrada en la literatura. Revisión integral de la literatura en las bases de datos LILACS, BDENF y MEDLINE, realizada en octubre de 2019. Se incluyeron artículos completos disponibles en portugués y español, de estudios secundarios que respondieron a la pregunta de investigación. Se obtuvieron 2.512 artículos, con 11 artículos seleccionados. Los resultados apuntan a los sentimientos generados por el proceso de hospitalización, la educación sanitaria como herramienta para la promoción y adaptación de adolescentes y familias, estrategias de afrontamiento, conflictos entre el equipo de salud y la familia y un escenario hospitalario inhóspito. Se concluye que la familia es parte del proceso de vida del adolescente, constituyendo un mundo de símbolos, significados y valores. La participación familiar en la hospitalización del adolescente garantiza el bienestar subjetivo de ambos, asegurando comodidad y protección.

Descriptores: Adolescente, Hospitalización, Familia.

Texto completo:

PDF

Referências

Passos SS, Pereira A, Nitschke RG. Cotidiano do familiar acompanhante durante a hospitalização de um membro da família. Acta Paul Enferm. 2015; 28(6):539-545.

Reis NSP, Santos MFG, Almeida IS, Gomes HF, Leite DC, Peres EM. A hospitalização do adolescente na ótica dos profissionais de enfermagem. Enferm Foco. 2018; 9(2):07-12.

Macedo IF, Souza TV, Oliveira ICS, Sibreiros AS, Morais RCM, Vieira RFC. As concepções da equipe de enfermagem frente à família da criança hospitalizada. Rev Bras Enferm. 2017; 70(5):904-911.

Santos MFG, Almeida IS, Reis NSP, Leite DC, Gomes HF, Costa AJ. A percepção da hospitalização pelos adolescentes: contribuições para o cuidado de enfermagem. Rev Fund Care Online. 2018; 10(3):663-668.

Botelho LLR, Cunha CCA, Macedo M. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão e Sociedade. 2011; 5(11):121-136.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2008; 17(4):758-764.

Santos CMC, Pimenta CAM, Nobre MRCM. A estratégia PICO para a construção da pergunta de pesquisa e busca de evidências. Rev Latino Am Enferm. 2007; 15(3).

Lacerda MR, Costenaro RGS. Metodologias da pesquisa para a enfermagem e saúde: da teoria à prática/organizadoras. Porto Alegre: Moriá. 2015.

Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence based practice in nursing & healthcare: a guide to best practice. 2th ed. Philadelphia: Wolters Kluwer Health/Lippincott Williams & Wilkins. 2011.

Ministério da Saúde. Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. Diário Oficial da União. Editor: Brasília. 1998. Disponível em: . Acesso em 02 nov 2019.

Costa AR, Nobre CMG, Gomes GC, Rosa GSM, Nornberg PKO, Medeiros SP. Percepção do familiar numa unidade pediátrica acerca do cuidado de enfermagem. Rev Enferm UFPE online. 2018; 12(12): 3279-3286.

Quintana AM, Wottrich SH, Camargo VP, Cherer EQ, Ries PK. Lutos e lutas: reestruturações familiares diante do câncer em uma criança/adolescente. Psicol Argum. 2011; 65(29):143-154.

Armond LC, Boemer MR. Convivendo com a hospitalização do filho adolescente. Rev Latino Am Enferm. 2004; 12(6):924-32.

Oliveira FPS, Ferreira EAP, Carmona SS. Crianças e adolescentes vítimas de queimaduras: caracterização de situações de risco ao desenvolvimento. Journal of Human Growth and Development. 2009; 19(1):19-34.

Molina RCM, Fonseca EL, Waidman MAP, Marcon SS. A percepção da família sobre sua presença em uma unidade de terapia intensiva pediátrica e neonatal. Rev Esc Enferm USP. 2009; 43(3):630-638.

Sabatés AL, Borba RIH. As informações recebidas pelos pais durante a hospitalização do filho. Rev Latino Am Enferm. 2005; 13(6):968-973.

Campos FA, Nehmy RMQ, Mota JAC, Bastos GBP, Athayde GRS, Santos GCM. A percepção da clientela sobre as condições da sala pediátrica de pronto atendimento do hospital das clínicas, Belo Horizonte. Rev Méd Minas Gerais. 2004; 14(4):232-238.

Costa JS, Santos MLSC. Grupo de adolescentes hospitalizados com doença crônica não transmissível como tecnologia de cuidado em enfermagem. Rev Enferm UFPE online. 2016; 10(2):508-14.

Aquino FM, Lemos MCM, Silva TR, Christoffel MM. A produção científica nacional sobre os direitos da criança hospitalizada. Rev Eletr Enferm. 2008; 10(3):796-804.

Andrade RC, Marques AR, Leite ACAB, Martimiano RR, Santos BD, Pan R, Fernandes AM, Melo EMOP, Nascimento LC. Necessidades dos pais de crianças hospitalizadas: evidências para o cuidado. Rev Eletr Enferm. 2015; 17(2):379-94.

Silva JB, Kirschbaum DIR, Oliveira I. Significado atribuído pelo enfermeiro ao cuidado prestado à criança doente crônica hospitalizada acompanhada de familiar. Rev Gaúcha Enferm. 2007; 28(2):250-259.

Ferreira LB, Oliveira JSA, Gonçalves RG, Elias TMN, Medeiros SM, Mororó DDS. Cuidar de enfermagem às famílias de crianças e adolescentes hospitalizados. Rev Enferm UFPE online. 2019; 13(1):23-31.

Araújo YB, Collet N, Gomes IP, Amador DD. Saberes e experiências de adolescentes hospitalizados com doença crônica. Rev Enferm UERJ. 2011; 19(2):274-9.

Figueiredo SV, Gomes ILV, Pennafort VPS, Monteiro ARM, Figueiredo JV. Sentimentos de mães atribuidos à hospitalização de um filho. Cogitare Enferm. 2013; 18(3):552-557.

Trinco ME, Santos JC. A família do adolescente com comportamento autolesivo internado no serviço de urgência de um hospital pediátrico. Estudo de caracterização sociodemográfica. Rev Española Enferm Salud Mental. 2019; 7:22-28.


Visualizações do PDF:

4 views


Visualizações do Resumo:

31 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud