Atuação da enfermagem na oncologia pediátrica em hospitais de Maceió

Autores

  • Elisson Bezerra de Lima elisson4@hotmail.com
  • Michele Alves de Oliveira micheleupe@hotmail.com
  • Heloise Agnes Gomes Batista da Silva heloiseagbs@gmail.com
  • Róbert Lincoln Barros Melo robert.lincoln.b@gmail.com
  • Paulo José Medeiros de Souza Costa paulojmsc@yahoo.com.br
    UNCISAL
  • Leonardo Bruno Gomes da Silva silva.lgs@hotmail.com

DOI:

10.24276/rrecien2024.14.42.232243

Palavras-chave:

Oncologia Pediátrica, Enfermagem, Avaliação

Resumo

Avaliar a atuação de enfermagem na oncologia pediátrica em dois hospitais de referência. Estudo transversal, quantitativo e qualitativo, realizado com os enfermeiros que trabalham em oncologia pediátrica na cidade de Maceió. Foi utilizado um instrumento de coleta de dados previamente elaborado, os dados foram tabulados no programa Bioestat 5.0 e as para a análise qualitativa foi utilizado o método de Lefèvre. A maioria dos enfermeiros não tiveram cursos/disciplinas, nem capacitações de oncologia pediátrica, não gostariam de atuar nesse setor e nem se especializar na área. Utilizavam corretamente EPI’s durante os procedimentos, possuíam conduta adequada nos casos de extravasamentos, realizavam educação em saúde, tinham dificuldades quanto a orientação dos efeitos tardios do tratamento e buscavam avaliar e minimizar a dor dos pacientes. A assistência de enfermagem possui aspectos positivos em alguns procedimentos e é falha nos processos de acolhimento, atividades lúdicas, punção e orientações.

Descritores: Oncologia Pediátrica, Enfermagem, Avaliação.

 

Nursing performance in pediatric oncology in hospitals in Maceió

Abstract: To evaluate nursing performance in pediatric oncology in reference hospitals. Cross-sectional, quantitative and qualitative study, carried out with nurses who work in pediatric oncology in the city of Maceió. A previously prepared data collection instrument was used, the data was tabulated in the Bioestat 5.0 program and the Lefèvre method was used for qualitative analysis. The majority of nurses in the courses/disciplines or training in pediatric oncology would not like to work in this sector or specialize in the area. They correctly used EPP during procedures, ensured proper conduct in cases of extravasation, carried out health education, found it difficult to guide the late effects of treatment and sought to evaluate and minimize patient pain. Nursing care has positive aspects in some procedures and fails in reception processes, playful activities, puncture and guidance.

Descriptors: Pediatric Oncology, Nursing, Evaluation.

 

Actuación de enfermería en oncología pediátrica en hospitales de Maceió

Resumen: Evaluar el desempeño de enfermería en oncología pediátrica en dos hospitales de referencia. Estudio transversal, cuantitativo y cualitativo, realizado con enfermeros que actúan en oncología pediátrica en la ciudad de Maceió. Se utilizó un instrumento de recolección de datos previamente elaborado, los datos fueron tabulados en el programa Bioestat 5.0 y para el análisis cualitativo se utilizó el método de Lefèvre. La mayoría de las enfermeras no tenían cursos/disciplinas o formación en oncología pediátrica, no les gustaría trabajar en este sector ni especializarse en el área. Utilizaron correctamente los EPP durante los procedimientos, tuvieron conducta adecuada en casos de extravasación, realizaron educación en salud, tuvieron dificultades para orientar los efectos tardíos del tratamiento y buscaron evaluar y minimizar el dolor de los pacientes. El cuidado de enfermería tiene aspectos positivos en algunos procedimientos y falla en los procesos de recepción, actividades lúdicas, punción y orientación.

Descriptores: Oncología Pediátrica, Enfermería, Evaluación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Paro D, Paro J, Ferreira DLM. O enfermeiro e o cuidar em Oncologia Pediátrica. Arq Ciênc Saúde. 2005; 12(3):151-57.

Brasil. Ministério da Saúde. Instituto Nacional do Câncer. Ações de Enfermagem para o controle do câncer: uma proposta de integração Ensino e Serviço. 3ª edição revista, atualizada e ampliada. Rio de Janeiro, RJ. 2008.

Instituto Nacional de Câncer (Brasil). Estimativa 2023: incidência de câncer no Brasil. Instituto Nacional de Câncer. Rio de Janeiro: INCA, 2022.

Brasil. Ministério da Saúde. Câncer na criança e no adolescente no brasil dados dos registros de base populacional e de mortalidade. Rio de Janeiro, RJ. 2014: Instituto Nacional do Câncer - INCA. Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica - SODEPE. 2014.

Amador DD, Gomes IP, Coutinho SED, Costa NA, Collet N. Concepção dos enfermeiros acerca da capacitação no cuidado à criança com câncer. Texto Contexto Enferm. 2011; 20(1):94-101.

Calil AM, Prado C. O ensino de oncologia na formação do enfermeiro. Rev Bras Enferm. 2009; 62(3):467-70.

Minayo MCS. Análise qualitativa: teoria, pessoa e fidedignidade. Ciênc Saúde Coletiva. 2012; 17(3):621-626.

Mohtar M. Intentions and Expectations of Female Phd Students in Engineering at One University in Malaysia. Procedia - Social and Behavioral Sciences. 2012; 56:204-212.

Lima EB, França SPS, Caminha MFC, Silva AS, Silva BL, Oliveira MA. Estresse e burnout nas equipes multiprofissionais de UTI’s adulto e infantil. São Paulo: Rev Recien. 2022; 12(39):20-29.

Vick RB, Greenberg CS. Procedimentos de enfermagem pediátrica. Editora Guanabara Koogan S.A. Rio de Janeiro. 2005.

Silva ACA, Moura SRS, Lima EB, Oliveira MA, Costa FJF, Silva HAGB. Validação de cartilha educativa para familiares de pacientes em UTI. São Paulo: Rev Recien. 2023; 13(41):916-925.

Malta JDS, Schall VT, Modena CM. O momento do diagnóstico e as dificuldades encontradas pelos oncologistas pediátricos no tratamento do câncer em Belo Horizonte. Rev Bras Cancerologia. 2009; 55(1):33-39.

Cardozo FT. Câncer infantil: aspectos emocionais e atuação do psicólogo. Rev SBPH. 2007; 10(1).

Children's Câncer and Leukaemia Group. Tratamento para o Câncer Infantil: Ficha para pediatras gerais. www.cclg.org.uk. 2012.

Torritesi P, Vendrúsculo DMS. A dor na criança com câncer: modelos de avaliação. Rev Latino Am Enferm. 1998; 6(4):49-55.

Publicado

22-03-2024
Métricas
  • Visualizações 0
  • pdf downloads: 0

Como Citar

LIMA, E. B. de .; OLIVEIRA, M. A. de .; SILVA, H. A. G. B. da .; MELO, R. L. B. .; COSTA, P. J. M. de S. .; SILVA, L. B. G. da . Atuação da enfermagem na oncologia pediátrica em hospitais de Maceió. Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem, [S. l.], v. 14, n. 42, p. 232–243, 2024. DOI: 10.24276/rrecien2024.14.42.232243. Disponível em: https://recien.com.br/index.php/Recien/article/view/836. Acesso em: 12 jul. 2024.