A dinâmica dos afetos na formação do enfermeiro

Thainá Oliveira Lima, Cláudia Mara de Melo Tavares

Resumo

Construir reflexões acerca da dinâmica dos afetos na formação em enfermagem na contemporaneidade. Trata-se de um estudo reflexivo que se ancora na teoria da dinâmica dos afetos proposta por Espinoza, correlacionado aos construtos das Três Ecologias de Guattari, para compreensão desta dinâmica na era atual. Afeto é aquilo que move e mexe as pessoas, é aquilo que afeta a alma, seja positiva ou negativamente. Entender o que as afeta em maior ou menor grau interior é compreender o espaço da subjetividade em cada pessoa, é a possibilidade de reconhecer os estados emocionais. A dinâmica dos afetos na formação em enfermagem se torna de grande importância, pois se vive em uma era individualista e extremamente egoísta, em que se esquece a possibilidade do humano. Compreender esta dinâmica pode dar mais sentindo à formação, à existência e a uma vida satisfatória.

Descritores: Afeto, Educação em Enfermagem, Emoções, Estudantes de Enfermagem.

 

The dynamics of affects in nursing education

Abstract: Build reflections on the dynamics of affects in contemporary nursing education. This is a reflective study that is anchored in the theory of the dynamics of affections proposed by Espinoza, correlated with the constructs of Guattari's Three Ecologies, to understand this dynamic in the current era. Affection is what moves and moves people, it is what affects the soul, whether positively or negatively. Understanding what affects them to a greater or lesser degree is to understand the space of subjectivity in each person, it is the possibility of recognizing emotional states. The dynamics of affections in nursing education becomes of great importance, as we live in an individualistic and extremely selfish era, in which the possibility of the human is forgotten. Understanding this dynamic can give more meaning to training, existence and a satisfying life.

Descriptors: Affection, Nursing Education, Emotions, Nursing Students.

 

La dinámica del afecto en la educación en enfermería

Resumen: Construir reflexiones sobre la dinámica de los afectos en la educación en enfermería contemporánea. Se trata de un estudio reflexivo que se ancla en la teoría de la dinámica de los afectos propuesta por Espinoza, correlacionada con los constructos de las Tres Ecologías de Guattari, para comprender esta dinámica en la época actual. El afecto es lo que mueve y conmueve a las personas, es lo que afecta el alma, sea positivo o negativo. Comprender lo que les afecta en mayor o menor grado en su interior es comprender el espacio de subjetividad en cada persona, es la posibilidad de reconocer estados emocionales. La dinámica de los afectos en la educación de enfermería adquiere una gran importancia, ya que vivimos en una época individualista y extremadamente egoísta, en la que se olvida la posibilidad de lo humano. Comprender esta dinámica puede dar más sentido a la formación, a la existencia y a una vida satisfactoria.

Descriptores: Afecto, Educación en Enfermeira, Emociones, Estudiantes de Enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências

Rivaroli APS, Albernaz M. O cuidado de si e as três ecologias: problematizando uma formação. Rev Int Form Professores (RIFP). 2018; 3(1):174-89.

Deleuze G. Derrames: entre el capitalismo y la esquizofrenia. Buenos Aires: Cactus. 2005.

Abrahão AL, Merhy EE. Healthcare training and micropolitics: concept tools in teaching practices. Interface comum. Saúde Educ. 2014; 18(49):313-24.

Manhães LSP, Tavares CMM. Formação do enfermeiro para atuação na docência universitária. Rev Min Enferm. 2020; 24:e-1323.

Hirsch CD, Barlem ELD, Almeida LK, Tomaschewski-Barlem JG, Lunardi VL, Ramos AM. Fatores percebidos pelos acadêmicos de enfermagem como desencadeadores do estresse no ambiente formativo. Texto Contexto Enferm. 2018; 27(1):e0370014.

Guattari F. As três ecologias. 20. ed. Bittencourt MCF, traslator. Campinas: Papirus. 1990.

Espinoza B. Ética. Tadeu T, translator. Belo Horizonte: Autêntica. 2009.

Ferreira M, et al. Competências emocionais e prevenção do abandono nos estudantes do ensino superior politécnico. Rev Port Enferm Saúde Mental. 2018; 17-24.

Ximenes Neto FRG, Lopes Neto D, Cunha ICKO, Ribeiro MA, Freire NP, Kalinowski CE, et al. Reflexões sobre a formação em Enfermagem no Brasil a partir da regulamentação do Sistema Único de Saúde. Ciênc Saúde Colet. 2019; 25(1):37-46.

Barreiro MF, Carvalho AB, Furlan MR. A arte e o afeto na inclusão escolar: potência e o pensamento não representativo. Childhood Philosophy. 2018; 14(30):517-34.


Visualizações do PDF:

0 views


Visualizações do Resumo:

4 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud