Acadêmicos de enfermagem atuando como pesquisadores no projeto de pesquisa EPICOVID-19: relato de experiência

Bruna Lixinski Zuge, Jarbas da Silva Ziani, Jenifer Harter

Resumo

O estudo objetivou relatar a experiência de acadêmicos de enfermagem atuando como entrevistadores no projeto de pesquisa: “Evolução da Prevalência de Infectados por COVID-19 no Rio Grande do Sul: estudo de base populacional”. Na pesquisa, estão envolvidos acadêmicos e profissionais voluntários de todas as áreas da saúde, que vão aos domicílios e realizam testes rápidos em um morador, bem como realizam uma breve entrevista. Observou-se, no decorrer das coletas, um aumento significativo do número de indivíduos que testaram positivo para COVID-19. Quanto ao distanciamento social, verificou-se que no início da pesquisa, havia maior comprometimento da população quanto às medidas impostas pelas autoridades de saúde, mesmo que o número de casos fosse menor. Assim, o manuscrito vem para demonstrar a relevância da inserção no contexto social para formação do profissional em saúde, bem como contribuir com a Enfermagem apresentando a reflexão crítica e contextualizada a partir da experiência citada.

Descritores: Enfermagem, Infecções por Poronavírus, Epidemiologia.

 

Nursing academics acting as researchers in the EPICOVID-19 research project: experience report

Abstract: The study aimed to report the experience of nursing students acting as interviewers in the research project: "Evolution of the Prevalence of Infected by COVID-19 in Rio Grande do Sul: population-based study". In the research, academics and volunteer professionals from all areas of health are involved, who go to the homes and perform rapid tests on a resident, as well as conduct a brief interview. During the collections, a significant increase in the number of individuals who tested positive for COVID-19 was observed. As for social distance, it was found that at the beginning of the research, the population was more committed to the measures imposed by health authorities, even if the number of cases was lower. Thus, the manuscript comes to demonstrate the relevance of insertion in the social context for the training of health professionals, as well as to contribute to Nursing by presenting the critical and contextualized reflection from the mentioned experience.

Descriptors: Nursing, Coronavirus Infections, Epidemiology.

 

Académicos de enfermería actuando como investigadores en el proyecto de investigación EPICOVID-19: relato de experiencia

Resumen: El estudio tuvo como objetivo reportar la experiencia de estudiantes de enfermería que actuaron como entrevistadores en el proyecto de investigación: "Evolución de la prevalencia de infectados por COVID-19 en Rio Grande do Sul: estudio poblacional". En la investigación se involucran académicos y profesionales voluntarios de todas las áreas de la salud, quienes van a los domicilios y realizan pruebas rápidas a un residente, además de realizar una breve entrevista. Durante las recolecciones, se observó un aumento significativo en el número de personas que dieron positivo por COVID-19. En cuanto a la distancia social, se encontró que al inicio de la investigación, la población estaba más comprometida con las medidas impuestas por las autoridades sanitarias, aunque el número de casos era menor. Así, el manuscrito viene a demostrar la relevancia de la inserción en el contexto social para la formación de los profesionales de la salud, así como a contribuir a la Enfermería al presentar la reflexión crítica y contextualizada de la experiencia mencionada.

Descriptores: Enfermería, Infecciones por Coronavirus, Epidemioligía.

Texto completo:

PDF

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim COE COVID-19 Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública. Doença pelo Coronavírus 2019. nº12, de 19 de abril de 2020. Especial Vigilância Epidemiológica Laboratorial. 2020; Semana Epidemiológica: 17 (19-25/04). Disponível em: . Acesso em 12 ago 2020.

Medina MG, Giovanella L, Bousquat A, Mendonça MHM, Aquino R. Atenção primária à saúde em tempos de COVID-19: o que fazer? Cad Saúde Pública. 2020; 36(8):e00149720.

Costa R, Lino MM, Souza AIJ, Lorenzini E, Fernandes GCM, Brehmer LCF, et al. Nursing Teaching in COVID-19 times: how to reinvent it in this context? Florianópolis: Texto Contexto Enferm. 2020; 29:e20200202.

Aquino EML, Silveira IH, Pescarini JM, Aquino R, Souza-filho JA, Rocha ÀS, et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Rio de Janeiro: Ciênc Saúde Coletiva. 2020; 25(1):2423-2446.

Clark A, Jit M, Warren-Gash C; Guthrie B, Wang H H X, Mercer W S, et al. How many are at increased risk of severe COVID-19 disease? Rapid global, regional and national estimates for 2020. MedRxiv. 2020; 47(7):1-28.

Farias CM, Medronho RA, Travassos GH. Nota técnica: Avaliação do comportamento da COVID-19 no estado do Rio de Janeiro e seus municípios com base em R0 calculado a partir das evoluções anteriores de R dos casos notificados à Secretaria de Estado de Saúde-RJ. 2020.

Leiva GC, Sathler D, Filho RDO. Estrutura urbana e mobilidade populacional: implicações para o distanciamento social e disseminação da Covid-19. São Paulo: Rev Bras Estud Popul. 2020; 37(e0118):1-22.

Brasil. Estado do Rio Grande do Sul. Epidemiologia da COVID-19 no Rio Grande do Sul: estudo de base populacional. Pelotas-RS, 2020. Disponível em: .

Franzoi MAH; Cauduro FLF. Atuação de estudantes de enfermagem na pandemia de COVID-19. Cogitare Enferm. 2020; 25:1-9.

Silva MBT. Inserção Do Acadêmico De Enfermagem Em Atividades De Pesquisa E Extensão Universitária: Uma Estratégia De Ensino. 2017. 158 f. Tese (Doutorado no Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências e Saúde). Fundação Oswaldo Cruz, Instituto Oswaldo Cruz, Rio Ciências da Saúde: Campo Promissor em Pesquisa 3 Capítulo 27 273 de Janeiro. 2017.

Tonin L, Lacerda MR, Cáceres NT Gi, Hermann AP. Recomendações em covid-19 vezes: uma visão para o cuidado domiciliar. Rev Bras Enferm. 2020; 73(Suppl2):e20200310.

Oliveira AC, Lucas TC, Iquiapaza RA. O que a pandemia da covid-19 tem nos ensinado sobre adoção de medidas de precaução? Texto Contexto Enferm. 2020; 29(e20200106).

Brasil. Ministério da Economia - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Nota técnica: A COVID-19 e as medidas legais de distanciamento dos governos estaduais: análise comparativa do período de março a julho de 2020 [Internet]. Brasília-DF. Disponível em: . Acesso em 25 set 2020.

Barreto ML, Barros AJD, Carvalho MS, Codeço CT, Hallal PRC, Medronho RA et al. O que é urgente e necessário para subsidiar as políticas de enfrentamento da pandemia de COVID-19 no Brasil? Rev Bras Epidemiologia. 2020; 23:e200032.

Santos IAM, Accorsi DX, Accorsi JX, Bohac S, Chin CM. COVID-19 e Saúde Mental. São Paulo: ULAKES J Med. 2020; 1:88-97.

Schmidt B, Crepaldi MA, Bolze SDA, Neiva-Silva L, Demenech LM. Saúde mental e intervenções psicológicas diante da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). Campinas: Estud Psicol. 2020; 37(e200063):1-13.


Visualizações do PDF:

7 views


Visualizações do Resumo:

10 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud