Intervenções de promoção da saúde com trabalhadores de limpeza

Emanuelli Mancio Ferreira da Luz, Bruna Xavier Morais, Oclaris Lopes Munhoz, Juliana Dal Ongaro, Otávio Ferreira Moraes, Tânia Solange Bosi de Souza Magnago

Resumo

Objetiva-se relatar a experiência exitosa de intervenções interdisciplinares de promoção da saúde ocupacional com trabalhadores do Serviço Hospitalar de Limpeza de um Hospital de Ensino do Sul do Brasil. Trata-se de um relato de experiência, com abordagem descritiva, fundamentado na metodologia participativa. Desenvolveram-se intervenções interdisciplinares, por meio de metodologias ativas, com enfoques educativos e terapêuticos, em 14 grupos abertos, quinzenalmente, entre junho e dezembro de 2019. Participaram 52 trabalhadores. Realizaram-se rodas de conversa, jogos de tabuleiro e estrela da vida, sessões de auriculoterapia e ginástica laboral. As intervenções mostraram-se essenciais no aprendizado e enfrentamento aos agravos à saúde física e psíquica que os trabalhadores se encontram expostos, bem como integração entre pesquisa, ensino/extensão e comunidade. A auriculoterapia mostrou-se promissora para o alívio da dor musculoesquelética e promoção da saúde. A ginástica laboral foi potencializada com a educação ergonômica, com benefícios para a saúde física e ergonômica dos trabalhadores.

Descritores: Promoção da Saúde, Saúde do Trabalhador, Serviço Hospitalar de Limpeza, Enfermagem.

 

Health promotion interventions whith cleaning workers

Abstract: We aim to report the successful interdisciplinary interventions to promote occupational health with workers from the Hospital Cleaning Service of a Teaching Hospital in southern Brazil. It is an experience report, with a descriptive approach, fundamented on the participatory methodology. Interdisciplinary interventions were developed, using active methodologies, with educational and therapeutic approaches, in 14 open groups, biweekly, between June and December 2019. 52 workers participated. Conversation rounds, board games and the star of life, auriculotherapy sessions and workplace gymnastics were held. The interventions proved to be essential in learning and coping with physical and psychological health problems that workers are exposed to, as well as integration between research, teaching/extension and the community. Auriculotherapy has shown promise for the relief of musculoskeletal pain and health promotion. Workplace gymnastics was enhanced with ergonomic education, with benefits for workers' physical and ergonomic health.

Descriptors: Health Promotion, Occupational Health, Housekeeping Hospital, Nursing.

 

Intervenciones de promoción de la salud con trabajadores de la limpieza

Resumen: El objetivo es reportar la experiencia exitosa de intervenciones interdisciplinarias para promover la salud ocupacional con trabajadores del Servicio de Limpieza Hospitalaria de un Hospital Docente del Sur de Brasil. Es un relato de experiencia, con enfoque descriptivo, basado en la metodología participativa. Se desarrollaron intervenciones interdisciplinarias, utilizando metodologías activas, con enfoques educativos y terapéuticos, en 14 grupos abiertos, quincenal, entre junio y diciembre de 2019. Participaron 52 trabajadores. Se realizaron rondas de conversación, juegos de mesa y la estrella de la vida, sesiones de auriculoterapia y gimnasia laboral. Las intervenciones demostraron ser fundamentales para aprender y afrontar los problemas de salud física y psicológica a los que están expuestos los trabajadores, así como para la integración entre la investigación, la docencia/extensión y la comunidad. La auriculoterapia se ha mostrado prometedora para el alivio del dolor musculoesquelético y la promoción de la salud. La gimnasia en el lugar de trabajo mejoró con educación ergonómica, con beneficios para la salud física y ergonómica de los trabajadores.

Descriptores: Promoción de la Salud, Salud Laboral, Servicio de Limpieza en Hospital, Enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências

Grandi JL, Grell MC, Areco KCN, Ferraz MB. Absenteísmo-doença entre trabalhadores terceirizados do serviço de higiene e limpeza de um hospital universitário do Município de São Paulo, 2015-2017. Rev Bras Med Trab. 2019; 17(4):557-566.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Segurança do paciente em serviços de saúde: limpeza e desinfecção de superfícies. Brasília: Anvisa; 2012.

Berni LB, Beck CLC, Prestes FC, Silva RM, Bublitz S, Lamb F. Indicadores de prazer/sofrimento em trabalhadores terceirizados de higiene e limpeza de um hospital universitário. Rev Rene. 2016; 17(2):155-64.

Marconato CS, Magnago ACS, Magnago, TSBS, Dalmolin GL, Andolhe R, Tavares JP. Prevalência e fatores associados aos distúrbios psíquicos menores em trabalhadores do serviço hospitalar de limpeza. Rev Esc Enferm USP. 2017; 51(2):32-9.

Luz EMF, Magnago TSBS, Greco PBT, Ongaro JD, Lanes TC, Lemos JD. Prevalence and factors associated with musculoskeletal pain in hospital cleaning workers. Texto Contexto Enferm. 2017; 26(2):e00870016.

Gonçalves RAB, Gonçalves RG. Metodologias participativas na construção de saberes sobre a relação comunidade e escola. Rev Artifícios UFPA. 2012; 2(3):01-18.

Kummer L. Metodologia participativa no meio rural: uma visão interdisciplinar. Salvador: GTZ, 2007.

Rodrigues KLMLS, Lucena EA, Pereira VM, Nascimento JJV, Araújo NF, Pereira PCV et al. Metodologia ativa: experiência exitosa de estudantes de enfermagem. São Paulo: Revista Recien. 2020; 10(30):245-50.

Garzon AMM, Silva KL, Marques RC. Liberating critical pedagogy of Paulo Freire in the scientific production of nursing 1990-2017. Rev Bras Enferm. 2018; 71(4):1751-8.

Moser AD, Lopes JCM. Absenteeism-disease in sanitation workers: what the official records say. ConScientiae Saúde. 2016; 15(4):612-20.

Falkenberg MB, Mendes TPL, Moraes EP, Souza EM. Educação em saúde e educação na saúde: conceitos e implicações para a saúde coletiva. Ciênc Saúde Colet. 2014; 19(3):847-52.

The WHOQOL Group. The World Health Organization quality of life assessment (WHOQOL): development and general psychometric properties. Soc Sci Med. 1998; 46(12):1569-85.

Dahlqvist C, Nordander C, Forsman M, Enquist H. Self-recordings of upper arm elevation during cleaning – comparison between analyses using a simplified reference posture and a standard reference posture. BMC Musculoskeletal Disorders. 2018; 19(1):1-14.

Prado JM, Kurebayashi LFS, Silva MJP. Experimental and placebo auriculotherapy for stressed nurses: randomized controlled trial. Rev Esc Enferm USP. 2018; 52:e03334.

Mota ACF, Silva AFR, Vieira MCA, Araújo CLO. Benefícios da ginástica laboral em ambiente hospitalar: uma revisão integrativa. São Paulo: Revista Recien. 2020; 10(29):3-12.


Visualizações do PDF:

2 views


Visualizações do Resumo:

18 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud