Comunicação como instrumento de enfermagem no cuidado interpessoal do usuário

Fernando Conceição de Lima, Thainara Braga Soares, Thalyta Mariany Rêgo Lopes Ueno, Juliana Conceição Dias Garcez, Jose Ramón Martínez-Riera, Viviane Ferraz Ferreira de Aguiar

Resumo

O objetivo é realizar um levantamento sobre os achados científicos quanto ao uso da comunicação como instrumento de enfermagem no cuidado interpessoal do usuário no período de 2015 a 2019. Realizou-se uma busca nas bases de dados BVS, Science Direct, Scopus e Pubmed. Selecionaram-se artigos na íntegra; em português, inglês e espanhol; publicados entre 2015 a 2019. Utilizou-se o CASP para análise de elegibilidade dos estudos, analisando-os de maneira descritiva. Os termos de pesquisa utilizados foram: “comunicação”, “relações interpessoais” e “enfermagem”. Treze artigos foram selecionados para este estudo.  Mostrou-se, pelos resultados desta revisão, que o uso da comunicação pode influenciar positivamente no cuidado de enfermagem, com a explicitação de alguns elementos que efetivam a comunicação interpessoal entre os profissionais e o usuário, além de demonstrar que existem desafios e obstáculos encontrados pelos profissionais para efetivá-la, mas que podem ser superados pela adoção de ações e medidas necessárias na prática assistencial.

Descritores: Comunicação, Relações Interpessoais, Enfermagem, Cuidados de Enfermagem.

 

Communication as a nursing instrument in user's interpersonal care

Abstract: The objective is to carry out a survey on the scientific findings regarding the use of communication as a nursing instrument in the user's interpersonal care in the period from 2015 to 2019. A search was conducted in the BVS, Science Direct, Scopus and Pubmed databases. Full articles were selected; in Portuguese, English and Spanish; published between 2015 to 2019. CASP was used to analyze the eligibility of studies, analyzing them in a descriptive manner. The search terms used were: “communication”, “interpersonal relationships” and “nursing”. thirteen articles were selected for this study. It was shown, through the results of this review, that the use of communication can positively influence nursing care, with the explanation of some elements that effect interpersonal communication between professionals and the user, in addition to demonstrating that there are challenges and obstacles encountered by professionals to carry it out, but which can be overcome by the adoption of actions and measures necessary in care practice.

Descriptors: Communcation, Interpersonal Relations, Nursing, Nursing Care.

 

La comunicación como instrumento de enfermería en el cuidado interpersonal del usuario

Resumen: El objetivo es realizar una encuesta sobre los hallazgos científicos sobre el uso de la comunicación como instrumento de enfermería en el cuidado interpersonal del usuario en el período de 2015 a 2019. Se realizó una búsqueda en las bases de datos VHL, Science Direct, Scopus y Pubmed. Se seleccionaron artículos completos; en portugués, inglés y español; publicados entre 2015 y 2019. Se utilizó CASP para analizar la elegibilidad de los estudios, analizándolos de manera descriptiva. Los términos de búsqueda utilizados fueron: "comunicación", "relaciones interpersonales" y "enfermería". Se seleccionaron trece artículos para este estudio. Se demostró, a través de los resultados de esta revisión, que el uso de la comunicación puede incidir positivamente en el cuidado de enfermería, con la explicación de algunos elementos que inciden en la comunicación interpersonal entre los profesionales y el usuario, además de demostrar que existen desafíos y obstáculos encontrados por profesionales para llevarlo a cabo, pero que puede superarse mediante la adopción de acciones y medidas necesarias en la práctica asistencial.practice.

Descriptores: Comunicación, Relaciones Interpersonales, Enfermaría, Atención de Enfermaria.

Texto completo:

PDF

Referências

Santos RO. A importância da comunicação no processo de liderança. Rev Adm Saúde. 2018; 18(72).

Hey AP, Caveião C, Motezeli JH, Visentin A, Takano TM, Buratti FM da S Meios de comunicação utilizados pelos pacientes: informações sobre o câncer após o diagnóstico e durante o tratamento. Rev Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online). 2016; 8(3):4697-4703.

Silva MP, Medeiros SM, Quental LC. Relacionamento interpessoal da equipe de enfermagem: fragilidades e fortalezas. Rev Enferm UERJ. 2016; 24(5):e7657.

Assenheimer A, Moura D de, Brum ZP de, Fontana RT, Guimarães CA, Soares NV et al. Comunicação interpessoal enquanto fator para a humanização do cuidado. Rev Interdisc Ciências Saúde Biológicas. 2018; 2(2):1-9.

Borba AP, Santos BM, Puggina AC. Barreiras de comunicação nas relações enfermeiro-paciente: revisão integrativa. Rev Saúde. 2017; 11(1-2).

Castelo Branco LAS, Maia NM, Lima LA. Construction of the nurse-client bond through dialogue in the hospital environment. Rev Enferm UFPI. 2016; 5(3):30-35.

Santos AC, Costa MC, Alves VP, Menezes LS, JM Lima. Evidências científicas acerca da consulta de enfermagem ambulatorial em cardiologia. Rev. Enferm. UFPE Online. 2020; 14:e242720.

Guimarães HC, Pena SB, Lopes JL, Guandalini LS, Gamba MA, Barros AL. Evidências científicas sobre as úlceras de pernas como sequela da hanseníase. Acta Paul Enferm. 2019; 32(5):564-570.

Souza Júnior EV, Silva CS, Lapa PS, Trindade LE, Silva Filho BF, Sawada NO. Influence of sexuality on the health of the elderly in process of dementia: integrative review. Aquichan. 2020; 20(1):e2016.

Hollanda BC, Braga VA, MachadoRE. Impacto da obesidade sarcopênica na capacidade funcional de idosos. Rev Enferm UFPE Online. 2020; 14:e244093.

Nascimento JM, Neto FJ, Vieira Júnior DN, Braz ZR, Costa Júnior IG, Ferreira AC et al.Escuta terapêutica: uma tecnologia do cuidado em saúde mental. Rev Enferm UFPE Online. 2020; 14:e244257.

Ursi ES, Gavão CM. Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura. Rev Latino Am Enferm. 2006; 14(1):124-131.

Bardin L. Análise de Conteúdo. 70. Lisboa. 2018.

Cardoso A, Byrne M, Xavier M. Adesão ao tratamento nas perturbações psiquiátricas: o impacto das atitudes e das crenças em profissionais de serviços de psiquiatria e saúde mental em Portugal: Parte I: aspetos conceptuais e metodológicos. Rev Port Saúde Pública. 2016; 34(3):209-219.

Wittenberg E, Ferrell B, Kanter E, Buller H. Nurse communication challenges with health literacy support. Clin J Oncol Nurs. 2018; 22(1):53-61.

Bastos BR, Fonseca AC, Pereira AK, Silva LC. Formação dos profissionais de saúde na comunicação de más notícias em cuidados paliativos oncológicos. Rev Bras Cancerol. 2016; 62(3):263-266.

Joven ZM, Parada SR, Percepción del paciente crítico sobre los comportamientos de cuidado humanizado de enfermeira. Rev Enferm. 2019; 37(1):65-74.

Kunsch MM. La comunicación estratégica em lãs organizaciones contemporânea. Rev Media Jornalismo. 2018; 18(33).

Bezerra FS, Nascimento AA, Siqueira LA, Silva FS, Silva KO, Vila Nova JC. Importância do processo de comunicação enfermeiro-paciente: revisão integrativa da literatura. Rev Saúde. 2017; 11(1):1-1.

Müggenburg-Rodríguez V, Hernández Guillén H, Aldana A. Programa cognitivo conductual para fortalecer habilidades de comunicación enfermera paciente. Enferm Univ. 2019; 16(1):98-104.

Camargo NC, Lima MG, Brietzke E, Mucci S, Góis AF. Ensino de comunicação de más notícias: revisão sistemática. Rev Bioética. 2019; 27(2):326-340.

Dalcól C, Garanhani M, Fonseca LF, Carvalho BG. Competência em comunicação e estratégias de ensino aprendizagem: percepção dos estudantes de enfermagem. Cogitare Enferm. 2018; 23(3):e53743.

Mufato LF, Gaíva MA. Empatia em enfermería y el contexto de la relación enfermero-paciente: consideraciones críticas. Cult Cuid. 2019; 23(54).

Lourenço LM, Pinheiro NL. Abordagem da comunicação do profissional de enfermagem com o paciente em ventilação mecânica como instrumento no processo de cuidar. Rev Ciências. 2017; 8(2).

Tavares CMM, Gama LN, Souza MMT, Paiva LM, Silveira PG, Mattos MMGR. Competências específicas do enfermeiro de saúde mental enfatizadas no ensino de graduação em enfermagem. Rev Portuguesa Enferm Saúde Mental. 2016; (spe4):25-32.


Visualizações do PDF:

29 views


Visualizações do Resumo:

79 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud