Educação permanente em saúde: o cuidado seguro à criança hospitalizada

Valentina Barbosa da Silva, Marluci Andrade Conceição Stipp, Vanessa Alves Mendes, Tatiane Cabral Siqueira, Vivian Rodrigues Tadeus, Josimeire Souza de Oliveira Andrade

Resumo

Relatar a experiência da educação permanente em saúde na prática da higienização das mãos. Trata-se de um relato de experiência sobre a educação permanente em saúde na temática de higienização das mãos com profissionais de saúde de um hospital infantil. As atividades foram desenvolvidas em conjunto com a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar, divididas em quatro momentos.  A experiência possibilitou a aquisição de novos conhecimentos e percepção das dificuldades que os profissionais possuem para a adesão da técnica correta de higienização das mãos, além de evidenciar a importância da educação permanente com os profissionais para a mudança no processo de trabalho. A realização das atividades permitiu a vivência de experiências significativas para o grupo, envolvendo aspectos pessoais, acadêmicos e profissionais contribuindo para o conhecimento da situação e incentivo a continuação de novos projetos que estimulem a educação permanente no âmbito hospitalar.

Descritores: Educação Continuada, Higiene das Mãos, Criança Hospitalizada.

 

Permanent health education: safe care for hospitalized children

Abstract: To report the experience of continuing health education in the practice of hand hygiene. This is an experience report on continuing health education in the theme of hand hygiene with health professionals of a children's hospital. The activities were developed in conjunction with the Hospital Infection Control Commission, divided into four stages. The experience enabled the acquisition of new knowledge and perception of the difficulties that professionals have for adhering to the correct hand hygiene technique, in addition to highlighting the importance of continuing education with professionals to change the work process. The accomplishment of the activities allowed the experience of significant experiences for the group, involving personal, academic and professional aspects contributing to the knowledge of the situation and encouraging the continuation of new projects that stimulate the permanent education in the hospital environment.

Descriptors: Education, Continuing, Hand Hygiene, Child, Hospitalized.

 

Educación para la salud permanente: cuidado seguro para los niños hospitalizados

Resumen: Informar sobre la experiencia de la educación sanitaria permanente en la práctica de la higiene de manos. Este es un informe de experiencia sobre educación continua en salud sobre el tema de la higiene de manos con profesionales de la salud de un hospital infantil. Las actividades se desarrollaron en conjunto con la Comisión de Control de Infecciones Hospitalarias, divididas en cuatro etapas. La experiencia permitió la adquisición de nuevos conocimientos y la percepción de las dificultades que los profesionales tienen para adherirse a la técnica correcta de higiene de manos, además de resaltar la importancia de la educación continua con profesionales para cambiar el proceso de trabajo. El desempeño de las actividades permitió la experiencia de experiencias significativas para el grupo, involucrando aspectos personales, académicos y profesionales, contribuyendo al conocimiento de la situación y alentando la continuación de nuevos proyectos que fomentan la educación permanente en el entorno hospitalario.

Descriptores: Educación Continua, Higiene de las Mano, Niño Hospitalizado.

Texto completo:

PDF

Referências

Silva ACSS, Santos EI, Penha RS, Dutra LB, Barreiros RN, Ribeiro IV. Evidências científicas brasileiras acerca da infecção primária da corrente sanguínea em pediatria. Rev Enferm Atual. 2019; 82(20).

Souza LM, Ramos MF, Becker ESS, Meirelles LCS, Monteiro SAO. Adesão dos profissionais de terapia intensiva aos cinco momentos da higienização das mãos. Rev Gaúcha Enferm. 2015; 36(4):21-8.

Oliveira AC, Pinto SA. Patient participation in hand hygiene among health professionals. Rev Bras Enferm. 2018; 71(2):259-264.

Secretaria de Estado de Saúde de Rondônia. Relatório da comissão de controle de infecção hospitalar do Hospital Infantil Cosme e Damião. 2018.

Puggina CC, Amestoy SC, Fernandes HN, Carvalho LA, Báo ACP, Oliveira AF. Educação permanente em saúde: Instrumento de transformação do Trabalho de enfermeiros. Espaç. Saúde. 2015. Disponível em: . Acesso em 18 jul 2019.

Ministério do Trabalho e Emprego (BR). NR 32 - segurança e saúde no trabalho em serviços de saúde - Brasília: Ministério do Trabalho e Emprego. 2005. Disponível em: . Acesso em 18 jul 2019.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (BR). Medidas de Prevenção de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde. Brasília: ANVISA. 2017.

Freire P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1968.

Walter RR, Gehlen MH, Ilha S, Zamberlan C, Freitas HMB, Pereira FW. Procedimento operacional padrão no ambiente hospitalar: percepção de enfermeiros. Rev Fund Care Online. 2016; 8(4):5095-5100.

Sales CB, Bernardes A, Gabriel CS, Brito MFP, Moura AA, Zanetti ACB. Protocolos Operacionais na prática profissional de enfermagem: utilização, fragilidade e potencialidades. Rev Bras Enferm. 2018; 71(1):126-134.


Visualizações do PDF:

3 views


Visualizações do Resumo:

16 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud