Sentimentos de pacientes transplantados renais no processo de transplantação

Nadia Lisieski, Alessandra Baumann Caviquioli

Resumo

A doença renal crônica é caracterizada pela perda irreversível da função renal. Um dos tratamentos é o transplante renal. Este estudo tem como objetivo conhecer os sentimentos envolvidos no processo de transplantação renal. Considerando a enfermagem responsável por prestar assistência ao paciente, levando em conta seus aspectos fisiológicos e emocionais é que se evidencia a relevância deste estudo. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo do tipo exploratório. Os dados foram obtidos através de entrevista semiestruturada. Os dados coletados foram analisados através da técnica de análise de conteúdo, da qual emergiram cinco categorias: Recebendo a notícia da necessidade do transplante; esperando pelo transplante; recebendo a notícia do órgão disponível; sentimentos pelo doador e família e opinião sobre a doação de órgãos antes e depois do transplante. Os resultados evidenciam que os pacientes sentem gratidão e empatia pela família doadora.

Descritores: Transplante, Sentimentos, Enfermagem.

 

Feelings of renal transplanted patients in the transplantation process

Abstract: Chronic kidney disease is characterized by irreversible loss of renal function. One of the treatments is kidney transplantation. This study aims to know the feelings involved in the kidney transplantation process. Considering nursing responsible for providing patient care, considering its physiological and emotional aspects, the relevance of this study is evident. This is a qualitative, descriptive exploratory study. Data were obtained through semi-structured interviews. The collected data were analyzed using the content analysis technique, from which five categories emerged: Receiving the news of the need for transplantation; waiting for the transplant; receiving news from the agency available; feelings for the donor and family, and opinion about organ donation before and after transplantation. The results show that patients feel gratitude and empathy for the donor family.

Descriptors: Transplantation, Feelings, Nursing.

 

Sentimientos de pacientes trasplantados renales en el proceso de trasplante

Resumen: La enfermedad renal crónica se caracteriza por una pérdida irreversible de la función renal. Uno de los tratamientos es el trasplante de riñón. Este estudio tiene como objetivo conocer los sentimientos involucrados en el proceso de trasplante de riñón. Considerando la enfermería responsable de proporcionar atención al paciente, considerando sus aspectos fisiológicos y emocionales, la relevancia de este estudio es evidente. Este es un estudio exploratorio cualitativo, descriptivo. Los datos se obtuvieron a través de entrevistas semi estructuradas. Los datos recopilados se analizaron utilizando la técnica de análisis de contenido, de la que surgieron cinco categorías: recibir la noticia de la necesidad de trasplante; esperando el trasplante; recibir noticias de la agencia disponible; sentimientos por el donante y la familia, y opinión sobre la donación de órganos antes y después del trasplante. Los resultados muestran que los pacientes sienten gratitud y empatía por la familia del donante.

Descriptores: Trasplante, Sentimientos, Enfermería.

Texto completo:

PDF

Referências

Brasil. Diretrizes clínicas para o cuidado ao paciente com doença renal crônica: - drc no sistema único de saúde. 2014:1 37. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_clinicas_cuidado_paciente_renal.pdf. Acesso em 03 nov 2019.

Sociedade Brasileira de Nefrologia; Hemodiálise. 2018. Disponível em: https://sbn.org.br/publico/tratamentos/dialise-peritoneal/. Acesso em 03 nov 2019.

Brito E, Duarte MC, Rocha FC, Cruz IB, Neto GR, Barbosa GP, Teixeira FS, Alves AP, et al. Significado, as vivências e perspectivas de pacientes submetidos ao transplante renal. Rev Eletr Acervo Saúde. 2018; 17:1 8.

Sociedade Brasileira de Nefrologia; Diálise peritoneal. 2018. Disponível em: https://sbn.org. br/publico/tratatamentos/dialise-peritoneal/. Acesso em 03 nov 2019.

Sociedade Brasileira de Nefrologia; Transplante renal. 2018. Disponível em: https://sbn.org. br/publico/tratatamentos/transplante-renal/. Acesso em 03 nov 2019.

Farias MS, Maia IC, Ferreira GM, Pinto JR, Ferreira FI. Sentimentos de pessoas em hemodiálise que esperam por um transplante renal. Rev Bras Ciênc Saúde. 2018; 24: 357-362.

Brasil. Doação de Órgãos: transplantes, lista de espera e como ser doador. 2018. Disponível em: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/doacao-de-orgaos. Acesso em 03 nov 2019.

Associação Brasileira de Transplante de órgãos, Registro Brasileiro de Transplantes Brasília: 2019. Disponível em: http://www.abto.org.br/abtov03/Upload/file/RBT/2019/rbt2019-1sem-leitura.pdf. Acesso em 03 nov 2019.

Minayo MC. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec. 1992.

Ferreira SA, Teixeira ML, Castelo Branco EM. Relação dialógica com o cliente sobre transplante renal: cuidado educativo de enfermagem. Cogitare Enferm. 2018; 23(2).

Cruz MG, Daspett C, Roza BA, Ohara CV, Horta AL. Vivência da família no processo de transplante de rim de doador vivo. Acta Paul Enferm. 2015; 28(3):275-80.

Associação Brasileira de Transplante de órgãos, Registro Brasileiro de Transplantes. Brasília: 2018. Disponível em: http://www.abto.org.br/abtov03/Upload/file/RBT/2018/Lv_RBT-2018.pdf. Acesso em 05 nov 2019.

Salimena AM, Chagas DN, Melo MC, Caçador BS. Ciência da enfermagem em tempos de interdisciplinaridade. 16º SENPE. Campo Grande. 2011. Disponível em: http://www.abeneventos.com.br/16senpe/senpe-trabalhos/files/0377.pdf. Acesso em 07 nov 2019.

Oliveira AM, Soares E. A Comunicação como ferramenta educativa no pré-operatório mediato de transplante renal. 2018; 10(3):753-757.

Copello LE, Pereira AD, Ferreira CL. Espiritualidade e religiosidade: importância para o cuidado de enfermagem de paciente em processo de adoecimento. Disciplinarum Scientia: Série: Ciências da Saúde. 2018; 19(2):183-199.

Smeltzer SC, Bare BG. Brunner & Suddarth: Tratado de enfermagem médico cirúrgica. 12 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2015.

Silva LC, Freitas TS, Maruyama SA, Silva DR, Silva FC. O Transplante renal na perspectiva da pessoa transplantada. Cienc Cuid Saude. 2013; 12(2):356-364.

Manso ME, Roth MC, Lopes RG. Convivendo com a doença renal: entre ditos e não ditos. Rev Portal Divulgação. 2018; (58):108-114.

Tavares E. A vida depois da vida: reabilitação psicológica e social na transplantação de órgãos. Análise Psicológica. 2004; 4:765-777.

Santos BP, Viegas AC, De Paula EA, Lise F, Rodrigues LP, Junior PR, Schwartz E. Percepção de pessoas submetidas ao transplante renal sobre a doação de órgãos. ABCS Health Sci. 2018; 1(43):30-35.


Visualizações do PDF:

3 views


Visualizações do Resumo:

9 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud