Medidas para prevenção de recidivas de úlceras venosas

Caroline Muller Almeida, Suelen Elias da Veiga Freitas, Aline Affonso Luna, Cintia Silva Fassarella, Priscilla Alfradique de Souza

Resumo

Identificar e analisar evidências científicas adotadas na prevenção de recidivas de úlceras venosas. Trata-se de um estudo de revisão integrativa da literatura, descritivo, de abordagem qualitativa, realizado entre outubro e novembro de 2017, a partir de consulta de bases de dados nacionais e internacionais. Os descritores utilizados foram “úlcera venosa”, “úlcera varicosa”, “recidiva” associados à palavra chave “prevenção”. Recorreu análise temática de conteúdo, emergindo duas categorias. Dos 305 artigos encontrados, 10 foram selecionados atendendo aos critérios de seleção. As principais evidências observadas foram “medidas para a prevenção de recidivas de úlceras venosas” e “facilidades e dificuldades da implementação de medidas preventivas”. Evidenciou-se que as medidas são diversas para prevenir as recidivas de úlcera venosa, no entanto, a adesão ainda é fator limitador as práticas devido à complexidade que a envolve.

Descritores: Úlcera Venosa, Recidiva, Prevenção.

 

Measures to prevent recurrence of venous ulcers

Abstract: To identify and analyze scientific evidences adopted in the prevention of venous ulcers recurrences. It is an integrative literature review study, descriptive, with a qualitative approach, carried out between October and November 2017, based on consultation of national and international databases. The descriptors used were "venous ulcer", "varicose ulcer", "relapse" associated with the key word "prevention". It resorted to thematic analysis of content, emerging two categories. Of the 305 articles found, 10 were selected according to the selection criteria. The main evidences observed were "measures for the prevention of relapses of venous ulcers" and "facilities and difficulties of the implementation of preventive measures". It was evidenced that the measures are diverse to prevent the recurrence of venous ulcer, however, adherence is still a limiting factor to the practices due to the complexity that involves it.

Descriptors: Venous Ulcer, Relapse, Prevention.

 

Medidas para la prevención de recidivas de úlceras venosas

Resumen: Identificar y analizar evidencias científicas adoptadas en la prevención de recidivas de úlceras venosas. Este es un estudio integrador de revisión de literatura, descriptivo, con un enfoque cualitativo, realizado entre octubre y noviembre de 2017, basado en la consulta de bases de datos nacionales e internacionales. Los descriptores utilizados fueron "úlcera venosa", "úlcera varicosa", "recidiva" asociados a la palabra clave "prevención". Se recurrió análisis temático de contenido, emergiendo dos categorías. De los 305 artículos encontrados, 10 fueron seleccionados atendiendo a los criterios de selección. Las principales evidencias observadas fueron "medidas para la prevención de recidivas de úlceras venosas" y "facilidades y dificultades de la aplicación de medidas preventivas". Se evidenció que las medidas son diversas para prevenir las recidivas de úlcera venosa, sin embargo, la adherencia todavía es factor limitante en las prácticas debido a la complejidad que la envuelve.

Descriptores: Úlcera Varicosa, Recurrencia, Prevención.

Texto completo:

PDF

Referências

Charlesworth B, Pilling C, Chadwick P, Butcher M. Dressing-related trauma: clinical sequelae and resource utilization in a UK setting. Clinicoecon Outcomes Res. 2014; 28(6):227-39.

Dias TYAF, Costa IKF, Melo MDM, et al. Quality of life assessment of patients with and without venous ulcer. Rev Latino Am Enferm. 2014; 22(4):576-81.

O’Donnel Jr TF, Passman MA, et al. Management of venous leg ulcers: Clinical practice guidelines of the Society for Vascular Surgery® and the American Venous Forum. J Vasc Surg. 2014; 60(2S):3S-59S.

Newton H. Assessment of a venous leg ulcer. Wound Essentials. 2010; 5: 69-78.

Reis DB, Peres GA, Zuffi FB, Ferreira LA, Poggetto MTD. Cuidados às pessoas com úlcera venosa: percepção dos enfermeiros da estratégia de saúde da família. Rev Min Enferm. 2013; 17(1):101-6.

Malaquias SG, Bachion MM, Sant`anna SMSC, et al. Pessoas com úlceras vasculogênicas em atendimento ambulatorial de enfermagem: estudo das variáveis clínicas e sociodemográficas. Rev Esc Enferm USP. 2012; 46(2):302-10.

Wong VW, Gurtner GC. Tissue engineering for the management of chronic wounds: current concepts and future perspectives. Exp Dermatol. 2012; 21(10):729-34.

Oliveira FP, Santana RF, Silva BP, et al. Nursing diagnoses in ambulatory care for wound patients: cross-mapping. Rev Enferm UERJ. 2017; 25:e20028.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2008; 17(4):758-64.

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

Silva A, Santos G, Dias MJ. Úlcera venosa: promoção da adesão ao uso de meia elástica na prevenção de recidiva. Braga: Universidade do Minho. 2011; 8-49. Disponível em: .

Figueiredo MA. Terapia da compressão e sua evidência científica. J Vasc Bras. 2009; 8(2):100-2.

Borges EL, Ferraz AF, Carvalho DV, Matos SS, et al. Prevenção de recidiva de úlcera varicosa: um estudo de coorte. Acta Paul Enferm. 2016; 29(1):9-16.

Silva MH, Jesus MCP, et al. Manejo clínico de úlceras venosas na atenção primária à saúde. Acta Paul Enferm. 2012; 25(3):329-333.

Melo MEB. Vascular Clínica. Fumar é prejudicial para quem tem varizes. Disponível em: .

Dantas DV, Dantas RAN, Costa IKF, Torres GV. Protocolo de assistência a pessoas com úlceras venosas: validação de conteúdo. RENE. 2013; 14(3):588-99.

França LHG, Tavares V. Insuficiência venosa crônica - uma atualização. J Vasc Bras. 2003; 2(4):318-28.

Silva JLA, Lopes MJM. Educação em saúde a portadores de úlcera varicosa através de atividades de grupo. Rev Gaúcha Enferm. 2006; 27(2):240-50.

World Health Organization. Adherence to long term therapies: evidence for action. 2003. Disponível em: .

Bezerra CMB, Sa JD, Fernandes MICD, Lira ALBC, et al. Atividades de educação em saúde destinadas a pacientes com úlcera venosa. In: Anais do 18. Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem. 2015; João Pessoa, Brasil. Disponível em: .

Brito CKD, Nottingham IC, Victor JF, et al. Úlcera venosa: avaliação clínica, orientações e cuidados com o curativo. RENE. 2013; 14(3):470-80.

Carmo SS, Castro CD, Rio VS, Sarquis MGA. Atualidades na assistência de enfermagem a portadores de úlcera venosa. Rev Eletr Enferm. 2007; 9(2): 506-17.


Visualizações do PDF:

21 views


Visualizações do Resumo:

49 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud