Iniciação sexual e diálogo sobre sexualidade: visão de jovens universitários

Thelma Spindola, Rayanni Sampaio Teixeira, Rômulo Frutuoso Antunes, Yndira Yta Machado

Resumo

Estudo que objetivou conhecer a percepção dos jovens universitários acerca da sexualidade e descrever as condutas sexuais dos estudantes em seus relacionamentos. Pesquisa descritiva, qualitativa, realizada numa instituição de ensino superior privada, no Rio de Janeiro, com universitários de 18-29 anos. Dados coletados com emprego da técnica de grupo focal, sendo analisados com a técnica de análise de conteúdo temático-categorial, com auxílio do software Nvivo 9.0. Emergiram três categorias, sendo apresentadas neste artigo: relacionamentos, iniciação sexual e o diálogo com as crenças religiosas na perspectiva dos jovens universitários. As condutas sexuais do grupo são influenciadas pela cultura, religiosidade e relações entre os gêneros, e há interferência desses aspectos no entendimento desses conceitos. Os universitários se ressentem de uma maior participação dos pais na sua orientação sexual. A educação em saúde para orientação e preservação da saúde sexual e prevenção de agravos do grupo jovem é uma prática fundamental e necessária.

Descritores: Sexualidade, Comportamento Sexual, Doenças Sexualmente Transmissíveis.

 

Sexual initiation and talking about sexuality: view of university students

Abstract: This study aimed to know the perception of university students about sexuality and to describe the sexual behavior of students in their relationships. Descriptive, qualitative research, it was conducted in a private higher education institution in Rio de Janeiro, with university students aged 18 to 29 years. Data were collected using the focus group technique, being analyzed with the technique of analysis of thematic-categorical content, with the aid of Nvivo 9.0 software. Three categories emerged, being presented in this article: relationships, sexual initiation, and dialogue with religious beliefs from the perspective of college students. The findings demonstrate that the group's sexual behaviors are influenced by culture, religiosity and gender relations, and there is an interference of these aspects in the understanding of these concepts. College students have resented the greath involvement of there parents in their sexual orientation. In addition, health education for guidance and preservation of sexual health and disease prevention in youth group is a fundamental and necessary practice.

Descriptors: Sexuality, Sexual Behavior, Sexually Transmitted Diseases.

 

Iniciación sexual y diálogo sexual: visión de estudiantes universitarios

Resumen: Un estudio que tenía como objetivo conocer la percepción de los jóvenes universitarios sobre la sexualidad y describir los comportamientos sexuales de los estudiantes en sus relaciones. Investigación descriptiva y cualitativa realizada en una institución privada de educación superior en Río de Janeiro con estudiantes universitarios de entre 18 y 29 años. Datos recogidos mediante la técnica de grupo focal, siendo analizados con la técnica de análisis de contenido temático-categórico, con la ayuda del software nvivo 9.0. Surgieron tres categorías, siendo presentadas en este artículo: relaciones, iniciación sexual y diálogo con creencias religiosas desde la perspectiva de los jóvenes universitarios. Los comportamientos sexuales del grupo están influenciados por la cultura, la religiosidad y las relaciones de género, y hay interferencia de estos aspectos en la comprensión de estos conceptos. Los estudiantes universitarios resienten una mayor participación de los padres en su orientación sexual. La educación sanitaria para la orientación y preservación de la salud sexual y la prevención de enfermedades del grupo joven es una práctica fundamental y necesaria.

Descriptores: Sexualidad, Comportamiento Sexual, Enfermedades de Transmisión Sexual.

Texto completo:

PDF

Referências

Ferrari W, Peres S, Nascimento M. Experimentação e aprendizagem na trajetória afetiva e sexual de jovens de uma favela do Rio de Janeiro, Brasil, com experiência de aborto clandestino. Ciência & Saúde Coletiva. 2018; 23(9):2937-2950.

Rodrigues JÁ, Silva LHF, Albuquerque SGE, Nogueira JDA, Anjos UU, Nascimento JA. Fatores contribuintes da vulnerabilidade individual dos jovens ao HIV. Rev Bras Ciênc Saúde. 2016; 20(2):141-148.

Brêtas JRS, Ohara CVS, Jardim DP, Muroya RL. Conhecimentos de adolescentes sobre doenças sexualmente transmissíveis: subsídios para prevenção. Acta Paul Enferm. 2019; 22(6):786-792.

Fontanella BJB, Gomes R. Cuidados à saúde sexual de duas gerações de homens: permanências e volatilidades de roteiros e habitus. Ciênc Saúde Coletiva. 2015; 20(1):259-272.

Gagnon JH. Uma interpretação do desejo: ensaios sobre o estudo da sexualidade. Rio de Janeiro: Garamond Universitária. 2006.

Oliveira DC. Análise de conteúdo temático-categorial: uma técnica maior nas pesquisas qualitativas. Porto Alegre: Moriá. 2016.

Nogueira NS, Muzzeti LR. A relação amorosa o “ficar” a partir do habitus e da trajetória de vida dos jovens universitários. Humanidades & Inovação 2017; 4(6):67-77.

Chaves JC. Práticas afetivo-sexuais juvenis: entre a superficialidade e o aprofundamento amoroso. Psicologia & Sociedade. 2016; 28(2):320-330.

Firmeza SNRM, Fernandes KJS, Santos EN, Araújo WJG, Oliveira ES, Silva ARV. Comportamento sexual entre acadêmicos de uma universidade pública. Rev. Rene 2016; 17(4):506-511.

Bezerra EDO, Pereira MLD, Chaves ACP, Monteiro PDV. Representações sociais de adolescentes acerca da relação sexual e do uso do preservativo. Rev Gaúcha Enferm. 2015; 36(1):84-91.

Castro EL, Caldas TA, Morcillo AM, Pereira EM, Velho PE. O conhecimento e o ensino sobre doenças sexualmente transmissíveis entre universitários. Ciênc Saúde Coletiva. 2016; 21(6):1975-1984.

Sales WB, Caveião C, Visentin A, Mocelin D, Costa PM, Simm EB. Comportamento sexual de risco e conhecimento sobre IST/SIDA em universitários da saúde. Rev Enferm Ref. 2016; 4(10):19-27.

Características da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar - PeNSE. Epidemiol Serv Saúde. 2017; 26(3):605-616.

Alves B, Gonçalves MB, Fontoura LV, Neves GDE. Perfil sexual de estudantes universitários. Rev Bras Prom Saúde. 2017; 30(4):1-8.

Kobayashi C, Reis AS. Início da atividade sexual de mulheres jovens: questionando sua satisfação e preferências. Bol Psicologia. 2015; 65(143):123-130.

Soares EMR, Silva NLL, Matos MAS, Araújo ETH, Silva LSR, Lago EC. Perfil da violência sexual contra crianças e adolescentes. Rev Interdisciplinar. 2016; 9(1):87–96.

Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes (PNEVSCA). 2014. Relatório disque denúncia – módulo Crianças e Adolescentes. Brasília. Disponível em: . Acesso em 02 jan 2020.

Justino LCL, Nunes CB, Souza Gerk, MA, Fonseca SSO, Ribeiro AA, Paranhos Filho AC. Violência sexual contra adolescentes em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Rev Gaúcha Enferm. 2015; 36:239-246.

Coutinho RZ, Miranda Ribeiro P. Religião, religiosidade e iniciação sexual na adolescência e juventude. Rev Bras Est Pop. 2014; 31(2):333-365.

Santos TMB, Albuquerque LBB, Franca Bandeira, C, Andrade Colares, VS. Fatores que contribuem para o início da atividade sexual em adolescentes: revisão integrativa. Rev de Atenção à Saúde. 2015;13(44):64-70.

Noleto RS. Religião e sexualidade: dilemas contemporâneos brasileiros. Cadernos Pagu. 2016; 46:471-79.

Bozon M. Sociologia da sexualidade. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

Bomfim AM, Anjos MB, Floriano MD, Figueredo CSM, Santos DA, Silva CLC. Parâmetros Curriculares Nacionais: uma revisita aos temas transversais meio ambiente e saúde. Trabalho, Educação e Saúde. 2013; 11(1): 27-52.

Brasil. Ministério da Saúde. Programa Saúde nas Escolas. Brasília - DF. 2019. Disponível em: . Acesso em 20 dez 2019.

Santos VRP, Adão IC, Oliveira EC, Campos ICM, Andrade SC, Sacramento OA. Os desafios da educação sexual no contexto escolar: o papel da enfermagem. Rev Eletr DECT. 2018; 7(03):187-207.


Visualizações do PDF:

37 views


Visualizações do Resumo:

78 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud