A mensuração da pressão arterial e as ferramentas tecnológicas atuais

Ana Paula dos Santos Ribeiro, Joyce Simão Praxedes, Janize Silva Maia

Resumo

Avaliar o conteúdo e funcionalidades dos aplicativos medidores da pressão arterial Blood Pressure e Blood Pressure FingerPrint Test disponíveis para os sistemas Android e IOS. Pesquisa aplicada, quantitativa com dois grupos distintos cuja pressão arterial foi verificada pelos aplicativos Blood Pressure FingerPrint Test e Blood Pressure e seus resultados comparados aos obtidos pelo método tradicional. Os aplicativos testados apresentaram divergência em seus resultados quando comparados ao método aneróide, revelando falta de assertividade. Problemas como a falta de adesão a serviços de saúde, automedicação ou ausência do uso de medicamentos necessários na alteração dos valores pressóricos, associados à confiança que o aplicativo confere ao usuário poderão ocorrer em função da ausência de um método de funcionamento fidedigno explícito capaz de esclarecer a captação dos níveis pressóricos destes aplicativos, colocando em risco a saúde do usuário.

Descritores: Tecnologia Biomédica, Aplicativos Móveis, Assistência à Saúde.

 

The popularization of blood pressure measurement on new technology

Abstract: To evaluate the content and the functionality of Blood Pressure FingerPrint Test pressure applications available for Android and IOS systems. Applied and quantitative research with two distinct groups in which blood pressure has been verified by the blood pressure FingerPrint test and blood pressure applications and their results were compared to those ones obtained by the traditional method. The test applications presented derivation in their results when compared to the aneroid method, announcing a lack of assertiveness. Issues such as lack of adherence to health services, self-medication or the lack in the use of necessary medicine to chance blood pressure values, associated with the trust that the application conforms to the user, may occur facing the absence of an explicit reliable method of operation capable of clear the capture of blood pressure levels up of these applications, exposing the user´s health.

Descriptors: Biomedical Technology, Mobile Applications, Health Care.

 

Medición de la presión arterial y herramientas tecnologícas actuales

Resumen: Evaluar el contenido y la funcionalidad de las aplicaciones de medidores de presión arterial Blood Pressure y Blood Pressure FingerPrint Test disponibles para los sistemas Android e IOS. Investigación cuantitativa aplicada con dos grupos distintos cuya presión arterial se verificó mediante las aplicaciones Blood Pressure y Blood Pressure FingerPrint Test sus resultados en comparación con los obtenidos por el método tradicional. Las aplicaciones probadas presentaron divergencia en sus resultados en comparación con el método aneroide, revelando una falta de asertividad. Problemas como la falta de adherencia a los servicios de salud, la automedicación o la falta de uso de medicamentos necesarios para cambiar los valores de la presión arterial, asociados con la confianza que la aplicación brinda al usuario pueden ocurrir debido a la ausencia de un método de operación explícitamente confiable capaz aclarar la captura de los niveles de presión arterial de estas aplicaciones, poniendo en peligro la salud del usuario.

Descriptores: Tecnología Biomédica, Aplicaciones Móviles, Cuidado de la Salud.

Texto completo:

PDF

Referências

Barra DCC, Paim SMS, Sasso, Colla GW. Métodos para desenvolvimento de aplicativos móveis em saúde: revisão integrativa da literatura. Contexto Enferm. 2017; 26(4):e2260017.

Rossetti A, Pacheco APR, Salles B, Garcia M, Santos N. A organização baseada no conhecimento: novas estruturas, estratégias e redes de relacionamento. Ciência Informação. 2008; 37(1):6-72.

Sonego AHS, Behar PA. M-Learning: Reflexões e Perspectivas com o uso de aplicativos educacionais. Nuevas Ideas en Informática Educativa TISE. 2015; 11:521-26.

Tibes CMS, Dias JD, Mascaenhas SHZ. Aplicativos móveis desenvolvidos para a área da saúde no Brasil: revisão integrativa da literatura. Reme. 2014; 18(2):471-478.

Brasil. Ministério da saúde. Hipertensão (pressão alta): causas, sintomas, diagnósticos, tratamento e prevenção. Ministério da Saúde: Brasília. Disponível em: . Acessado em 08 set 2019.

Silva RAR, Sakon POR. Auto Percepção do estado de saúde de hipertensos. Rev Enferm. 2018; 12(7):1826-34.

Baldo APV, Ahlert EM. Uso de tecnologias digitais: relato de experiência do uso de aplicativo móvel como auxílio no processo ensino e aprendizagem de anatomia humana. Rio Grande do Sul. Universidade do Vale do Taquari – UNIVATES. 2017: 17.

Faerstein E, Chor D, Griep RH, Alves MGM, Werneck GL, Lopes CS. Aferição da pressão arterial: experiência de treinamento de pessoal e controle de qualidade no Estudo Pró-Saúde. Cad Saúde Pública. 2006; 22(9):1997-2002.

Leonardi E. Os aplicativos da saúde. ICTQ - Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade. Disponível em: . Acessado em 08 set 2019.

Alavarce DC, Pierin AMG, Mion Júnior D. A pressão arterial está sendo medida? Rev Esc Enferm USP. 2000; 34(1):84-90.

Introcaso L. História da medida da pressão arterial. 100 anos do esfigmomanômetro. Arq Bras Cardiol. 1966; 67(5): 305-311.

Araújo TL, Arcuri EM, Martins E. Instrumentação na medida da pressão arterial: aspectos históricos, conceituais e fontes de erro. Rev Esc Enferm USP. 1998; 32(1): 33-41.

Veiga EV, et al. Avaliação de Técnicas da Medida da Pressão Arterial pelos Profissionais de Saúde. Arq Bras Cardiol. 2003; 80:83-88.

Pavan MV, Saura GE, Korkes HA, Nascimento KM, Neto NDM, Dávila R, et al. Similaridade entre os valores da pressão arterial aferida pelo método auscultatório com aparelho de coluna de mercúrio e o método oscilométrico automático com aparelho digital. J Bras Nefrol. 2012; 34(1):43-49.

Quintanilha DO. Novo dispositivo permite medir a pressão arterial pelo celular. PEBMED. Disponível em: . Acessado em 02 set 2019.

Brito E. Java: Entenda para que serve o software e os problemas da sua ausência. Disponível em: . Acessado em 2 set 2019.

Apple Inc. The swift programming language. Disponível em: . Acessado em 20 set 2019.

Mansur AP, Favarato D. Mortalidade por Doenças Cardiovasculares no Brasil e na Região Metropolitana de São Paulo. Arq Bras Cardiol. 2012; 99(2):755-761.

Silva JM, Figueiredo Júnior JM. A atuação da educação física no âmbito da saúde pública. Rebes. 2015; 5(1):75-86.

Como proceder frente a verificação de pressão arterial em pacientes mastectomizadas? Núcleo de telessaúde de Santa Catarina, BVS atenção primária em saúde. 2017. Disponível em: . Acessado em 30 set 2019.

Lima M, Pereira JC. Uso de dispositivos móveis na medicina. Universidade Paranaense – UNIPAR. Disponível em: . Acessado em 08 set 2019.

Viegas APB, Carmo RF, Luz ZMP. Fatores que influenciam o acesso aos serviços de saúde na visão de profissionais e usuários de uma unidade básica de referência. Saúde Soc São Paulo. 2015; 24(1):100-112.


Visualizações do PDF:

0 views


Visualizações do Resumo:

30 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud