A importância do teste do coraçãozinho no diagnóstico precoce de cardiopatias congênitas

Ingred Maria Alves Queiroz, Glaucia Pereira de Lucena

Resumo

O objetivo desse artigo foi descrever através da literatura atual a importância do teste do coraçãozinho no diagnóstico precoce de cardiopatias congênitas. Trata-se de um estudo de revisão integrativa, com busca nas bases de dados, LILACS, SciELO, publicados nos últimos 09 anos ou seja, desde a implementação da Rede Cegonha no âmbito do SUS. Seguindo os critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 11 artigos, que foram expostos em um quadro para melhor visualização. A discussão foi organizada em 4 subtemas: Importância da oximetria de pulso, Conhecimento sobre a oximetria, Perfil dos RN’s com cardiopatias congênitas e as principais doenças diagnosticadas com o Teste do Coraçãozinho. Concluiu-se que, o teste do coraçãozinho, é um importante método de triagem para cardiopatias congênitas, sendo ele considerado o padrão ouro no diagnóstico dessas patologias.

Descritores: Triagem Neonatal, Enfermagem Neonatal, Cardiopatia Congênita.

 

The importance of the CCHD screening in early diagnosis of congenital heart diseases

Abstract: The aim of this article was to describe through the current literature the importance of the CCHD screening in early diagnosis of congenital heart diseases. This is an integrative review study, searching the databases, LILACS, SciELO, published in the last 09 years, that is, since the implementation of the Cegonha Network within the scope of SUS. Following the inclusion and exclusion criteria, 11 articles were selected, which were displayed in a table for better viewing. The discussion was organized into 4 sub-themes: Importance of pulse oximetry, Knowledge about oximetry, Profile of newborns with congenital heart diseases and the main diseases diagnosed by the CCHD screening. It was concluded that the CCHD screening is an important screening method for congenital heart diseases, being considered the gold standard in the diagnosis of these pathologies.

Descriptors: Neonatal Screening, Neonatal Nursing, Congenic Cardiopatics.

 

La importancia de la oximetria de pulso en el diagnóstico temprano de las enfermedades congénitas del corazón

Resumen: El objetivo de este artículo fue describir a través de la literatura actual la importancia de la oximetria de pulso en el diagnóstico temprano de enfermedades cardíacas congénitas. Este es un estudio de revisión integrador, que busca en las bases de datos, LILACS, SciELO, publicado en los últimos 09 años, es decir, desde la implementación de la Red Cegonha dentro del alcance del SUS. Siguiendo los criterios de inclusión y exclusión, se seleccionaron 11 artículos, que se exhibieron en una tabla para una mejor visualización. La discusión se organizó en 4 subtemas: importancia de la oximetría de pulso, conocimiento sobre la oximetría, perfil de los recién nacidos con cardiopatías congénitas y las principales enfermedades diagnosticadas con la oximetria de pulso. Se concluyó que la oximetria de pulso es un método de detección importante para las enfermedades cardíacas congénitas, siendo considerado el estándar de oro en el diagnóstico de estas patologías.

Descriptores: Clasificación Neonatal, Enfermería Neonatal, Cardiopatía Congénita.

Texto completo:

PDF

Referências

Sociedade Brasileira de Pediatria - SBP. Diagnóstico precoce de cardiopatia congênita crítica: oximetria de pulso como ferramenta de triagem neonatal. Departamentos de Cardiologia e Neonatologia da SBP. Disponível em: . Acesso em: 10 mar 2019.

Brasil. Ministério da Saúde. Teste do coraçãozinho (oximetria de pulso) na triagem neonatal. Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos - DGITS/SCTIE. Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) - Relatório n° 115. Disponível em: . Acesso em: 10 mar 2019.

Brasil. Ministério da Saúde. Nota técnica: rede cegonha. Brasília: Ministério da Saúde. 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 mar 2019.

Universidade Federal do Maranhão - UFMA. Universidade Aberta do SUS - UNA-SUS. Redes de atenção à saúde: a rede cegonha. São Luís: UFMA/UNA-SUS. 2015.

Mendes SDK, Silveira PCCR, Galvão MC. Revisão integrativa: método de pesquisa para incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enferm. 2008; 17(4):758-64.

Botelho RLL, Cunha ACC, Macedo M. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão Sociedade. 2011; 5(11).

Aguiar CB, Jesus LC, Alves DM, Araújo AJ, Araújo IS, Oliveira GR, et al. Teste do coraçãozinho: importância da oximetria de pulso em neonatos para detecção precoce de cardiopatias. REAS - Rev Eletr Acervo Saúde. 2018; 12:S1349-S1357.

Borges FG, Monteiro AM, Evangelista PG, Ramos BDA, et al. Prevalência de cardiopatia congênita em recém-nascidos no hospital maternidade Dona Íris. RBUS - Rev Soc Bras Ultrassonografia. 2018; 25:19-23. Disponível em: .

Lopes SA, Guimarães IC, Costa SF, Acosta AX, Sandes KA, Mendes CM, et al. Mortalidade para cardiopatias congênitas e fatores de risco associados em recém-nascidos: um estudo de coorte. Arq Bras Cardiol. 2018; 111(5):666-673.

Catarino CF, Gomes MA, Junior SC, Magluta C. Registros de cardiopatia congênita em crianças menores de um ano nos sistemas de informações sobre nascimento, internação e óbito do Estado do Rio de Janeiro, 2006-2010. Epidemiol Serv Saúde. 2017; 26(3):535-543.

Lacerda LF, Ferreira AL, Lisboa CB, Lúcio IM, Batista JC, et al. Triagem neonatal de cardiopatias congênitas: percepção dos profissionais de saúde do alojamento conjunto. Rev Enferm UFPE online. 2016; 10(7):2420-7.

Medeiros AL, Freitas TB, Araújo JS, Mattos SS. Oximetria de pulso em triagem de cardiopatias congênitas: conhecimento e atuação do enfermeiro. Cogitare Enferm. 2015; 20(3):605-611.

Silva VG, Pereira JM, Figueiredo LS, Guimarães TC, Cavalcanti AC. Diagnósticos de Enfermagem em crianças com cardiopatias congênitas: mapeamento cruzado. Acta Paul Enferm. 2015; 28(6):524-530.

Araújo JS, Régis CT, Gomes RG, Silva CS, Abath CM, et al. Cardiopatia congênita no nordeste brasileiro: 10 anos consecutivos registrados no Estado da Paraíba, Brasil. Rev Bras Cardiol. 2014; 27(1):13-19.

Morais S, Mimoso G. Oximetria de pulso no diagnóstico de cardiopatia congênita. Sugestões para a implementação de uma estratégia de rastreio. Acta Pediatr Port. 2013; 44(6):343-7.

Santos AD, Menezes GA, Sousa DS. Perfil dos recém-nascidos com cardiopatia congênita em uma maternidade de alto risco do município de Aracajú. Cad Graduação - Ciências Biol Saúde. 2013; 1(17):59-70.

Silva PL, Rocha RG, Ferreira TN. Perfil do óbito neonatal precoce decorrente do diagnóstico de cardiopatia Congênita de um hospital universitário. Rev Enferm Cent Oeste Min. 2013; 3(3):837-850.

Ferreira LM, Reis JM, Castro MDS, Costa MDS. O teste de triagem neonatal de cardiopatias congênitas: uma tecnologia de cuidado de enfermagem. Academus Rev Científica Saúde. 2016; 1(1).


Visualizações do PDF:

22 views


Visualizações do Resumo:

165 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud