O conhecimento da enfermagem acerca do protocolo de reanimação cardiopulmonar

Lucas Ventura de Lima, Tamara Espíndola de Morais, Marcia Silva Nogueira

Resumo

Avaliar o nível de conhecimento da equipe de enfermagem acerca do Suporte Básico de Vida em Reanimação Cardiopulmonar e identificar dificuldades enfrentadas pela equipe de enfermagem na assistência ao paciente vítima de PCR. Pesquisa de campo do tipo descritiva com abordagem quanti-qualitativa, executada com enfermeiros e técnicos de enfermagem de um hospital público de uma cidade do entorno do Distrito Federal. Os profissionais mostraram déficits significativos no conhecimento ao atendimento de PCR, pois a porcentagem de respostas corretas esteve sempre abaixo de 50%. A equipe de enfermagem pesquisada mostrou déficits no conhecimento sobre o SBV em parada cardiorrespiratória. O baixo número de acertos nas questões mostra a necessidade de atualização desses profissionais.

Descritores: Equipe de Enfermagem, Reanimação Cardiopulmonar, Suporte Básico de Vida.

 

The knowledge of nursing about the cardiopulmonary reaction protocol

Abstract: To evaluate the level of knowledge of the nursing team about the Basic Life Support in Cardiopulmonary Resuscitation and to identify difficulties faced by the nursing team in the care of patients with CRP. Descriptive type field research with a quantitative-qualitative approach, performed with nurses and nursing technicians of a public hospital in a city near the Federal District. Professionals showed significant deficits in the knowledge to the CRP care, because the percentage of correct answers was always below 50%. The nursing team studied showed deficits in the knowledge about the SBV in cardiorespiratory arrest. The low number of correct answers in the questions shows the need to update these professionals.

Descriptors: Nursing Team, Cardiopulmonary Resuscitation, Basic Suport of Life.

 

El conocimiento de la enfermería acerca del protocolo de reanimación cardiopulmonar

Resumen: Evaluar el nivel de conocimiento del equipo de enfermería acerca del Soporte Básico de Vida en Reanimación Cardiopulmonar e identificar dificultades enfrentadas por el equipo de enfermería en la asistencia al paciente víctima de PCR. Investigación de campo del tipo descriptivo con abordaje cuantitativo y cualitativo, ejecutada con enfermeros y técnicos de enfermería de un hospital público de una ciudad del entorno del Distrito Federal. Los profesionales mostraron déficits significativos en el conocimiento a la atención de PCR, pues el porcentaje de respuestas correctas estuvo siempre por debajo del 50%. El equipo de enfermería investigada mostró déficits en el conocimiento sobre el SBV en parada cardiorrespiratoria. El bajo número de aciertos en las cuestiones muestra la necesidad de actualización de esos profesionales.

Descriptores: Equipo de Enfermería, Reanimación Cardiopulmonar, Soporte Básico de Vida.

Texto completo:

PDF

Referências

Nacer D, Barbieri AR. Sobrevivência a parada cardiorrespiratória intra-hospitalar: revisão integrativa da literatura. Rev Eletr Enferm. 2015; 17(3):1-8.

Filho CMC, Santos ES, Silva RCG, Nogueira LS. Fatores que afetam a qualidade da ressuscitação cardiopulmonar em unidades de internação: percepção de enfermeiros. Rev Esc Enferm USP. 2015; 49(6):907-913.

Alves CA, Barbosa CNS, Faria HTG. Parada cardiorrespiratória e enfermagem: o conhecimento acerca do Suporte Básico de Vida. Cogitare Enferm. 2013; 18(2):296-301.

Pires MTB, Starling SV. Erazo, manual de urgências em pronto socorro. 10ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2014.

Meira-Júnior L, Souza F, Almeida L, Veloso G, Caldeira A. Avaliação de treinamento em suporte básico de vida para médicos e enfermeiros da atenção primária. Rev Bras Med Família Comunidade. 2016; 11(38):1-10.

American Heart Association. Destaques das diretrizes da American Heart Association 2015 para RCP e ACE. 2015.

Knobel E. Condutas no paciente grave. 4ª ed. São Paulo. Editora Atheneu. 2016, 475-489.

Araújo KA, Jacquet P, Santos SS, Almeida V, Nogueira SF. Reconhecimento da parada cardiorrespiratória em adultos: nível de conhecimento dos enfermeiros de um pronto-socorro municipal da cidade de São Paulo. Rev Inst Ciênc Saúde. 2008; 26(2):183-9.

Pereira DS, Vieira AKI, Ferreira AM, Bezerra AMF, Bezerra WKT. Atuação do Enfermeiro Frente à Parada Cardiorrespiratória (PCR). REBES. 2015; 5(3):08-17.

Araújo LP, Silva AL, Marinelli NP, Posso MBS, Almeida LMN. Conhecimento da equipe de enfermagem sobre o protocolo ressuscitação cardiopulmonar no setor de emergência de um hospital público. Revista Univap. 2012; 18(32):66-78.

Bellan MC, Araújo IIM, Araújo S. Capacitação teórica do enfermeiro para o atendimento da parada cardiorrespiratória. Rev Bras Enferm. 2010; 63(6):1019-1027.

Kochhan SI, Treviso P, Siqueira DS, Riegel F. Parada cardiorrespiratória e manobras de ressuscitação na ótica de enfermeiros de um pronto socorro. Rev Enferm UFPI. 2015; 4(1):54-60.

Almeida A, Araújo I, Dalri M, Araujo S. Conhecimento teórico dos enfermeiros sobre parada e ressuscitação cardiopulmonar, em unidades não hospitalares de atendimento à urgência e emergência. Rev Latino Am Enferm. 19(2):[08 telas].

Gonçalves VMA. Educação permanente e parada cardiorrespiratória: um relato de experiência no âmbito da enfermagem. Rev Saúde Pública SUS/MG. 2014; 2(2):47-58.

Silva AB, Machado RC. Elaboração de guia teórico de atendimento em parada cardiorrespiratória para enfermeiros. Rev Rede Enferm Nordeste. 2013; 14(5):1014-1021.

Zanini J, Nascimento ERP, Barra DCC. Parada e reanimação cardiorrespiratória: conhecimentos da equipe de enfermagem em unidade de terapia intensiva. Rev Bras Ter Intensiva. 2006; 18(2):143-147.

Bertoglio VM, Azzolin K, Souza EN, Rabelo ER. Tempo decorrido do treinamento em parada cardiorrespiratória e o impacto no conhecimento teórico de enfermeiros. Rev Gaúcha Enferm. 2008; 29(3):454-60.

Moraes TPR, Paiva EF. Enfermeiros da atenção primária em suporte básico de vida. Rev Ciênc Méd. 2017; 26(1):9-18.

Moura LTR, Lacerda LCA, Gonçalves DDS, Andrade RB, Oliveira YR. Assistência ao paciente em parada cardiorrespiratória em unidade de terapia intensiva. Rev Rede Enferm Nordeste. 2012; 13(2):419-427.


Visualizações do PDF:

48 views


Visualizações do Resumo:

231 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud