Benefícios da ginástica laboral em ambiente hospitalar: uma revisão integrativa

Ana Caroline de França Mota, Ana Flavia Ribeiro da Silva, Maria Carolina de Aquino Vieira, Claudia Lysia de Oliveira Araújo

Resumo

A ginástica laboral (GL) consiste em um conjunto de exercícios físicos que são realizados no ambiente de trabalho, com o intuito de exercitar as regiões corporais mais sobrecarregadas e prevenir os desgastes neuromusculares do trabalhador e o consequente aparecimento de doenças relacionadas ao trabalho (DORTs). Esse estudo tem como objetivo buscar na literatura evidências sobre os benefícios da prática da GL em ambientes hospitalares através da revisão integrativa da literatura, com base em artigos online encontrados com as palavras chave Ginástica, Saúde do Trabalhador e Hospital. Os resultados encontrados na seleção final de seis artigos evidenciam os benefícios biopsicosociais advindos da prática da GL em todos os tipos de setores hospitalares. Conclui - se que a interferência da GL é benéfica e contribui não só para a manutenção da saúde do profissional como um todo, mas também para maior lucro da empresa.

Descritores: Ginástica, Saúde do Trabalhador, Hospital.

 

Benefits of labor gymnastics in a hospital environment: an integrative review

Abstract: Labor gymnastics (GL) consists of a set of physical exercises that are performed in the work environment, with the purpose of exercising the most overloaded body regions and preventing worker's neuromuscular wear and the consequent onset of work-related diseases (DORS) . This study aims to search the literature for evidence on the benefits of GL practice in hospital settings through an integrative review of the literature, based on online articles found under the key words Gymnastics, Worker's Health and Hospital. The results found in the final selection of six articles show the bio-psycho-social benefits of GL practice in all types of hospital sectors. It is concluded that GL interference is beneficial and contributes not only to the maintenance of the health of the professional as a whole, but also to greater profit of the company.

Descriptors: Fitness, Worker's health, Hospital.

 

Beneficios de la gimnasia laboral en un entorno hospitalario: una revisión integrativa

Resumen: La gimnasia laboral (GL) consiste en un conjunto de ejercicios físicos que se realizan en el ambiente de trabajo, con el propósito de ejercitar las regiones corporales más sobrecargadas y prevenir los desgastes neuromusculares del trabajador y la consiguiente aparición de enfermedades relacionadas al trabajo (DORTs). Este estudio tiene como objetivo buscar en la literatura evidencias sobre los beneficios de la práctica de la GL en ambientes hospitalarios a través de la revisión integrativa de la literatura, con base en artículos online encontrados con las palabras clave Gimnasia, Salud del Trabajador y Hospital. Los resultados encontrados en la selección final de seis artículos evidencian los beneficios bio-psico-sociales provenientes de la práctica de la GL en todos los tipos de sectores hospitalarios. Se concluye que la interferencia de GL es benéfica y contribuye no sólo al mantenimiento de la salud del profesional como un todo, sino también a un mayor beneficio de la empresa.

Descriptores: Gimnasia, Salud del Trabajador, Hospital.

Texto completo:

Sem título PDF

Referências

Belancieri MF, Bianco MHBC. Estresse e repercussões psicossomáticas em trabalhadores da área da enfermagem de um hospital universitário. Santa Catarina: Rev Texto Contexto Enferm. 2004; 13(1):124-131.

Gondim KM, Miranda MDC, Guimarães JMX, D’Alencar BP. Avaliação da prática de ginástica laboral pelos funcionários de um hospital público. Fortaleza: Rev Rede Enferm Nordeste. 2009; 10(2):95-102.

Fernandes MA, Soares LMD, Silva JS. Transtornos mentais associados ao trabalho em profissionais de enfermagem: uma revisão integrativa brasileira. São Paulo: Rev Bras Med Trabalho. 2018; 16(2):218-224.

Robazzi MLCC, Marziale MHP. A Norma Regulamentadora 32 e suas implicações sobre os trabalhadores de enfermagem. Ribeirão Preto: Rev Latino Am Enferm. 2004; 12(5):834-836.

Marques DO, Pereira MS, Souza ACS, Vila VSC, Almeida CCOF, Oliveira EC. O absenteísmo - doença da equipe de enfermagem de um hospital universitário. Brasília: Rev Bras Enferm. 2015; 68(5):876-882.

Corrêa TRMF, Cintra MMM, Paulino TP, Silva RCR, Silva DTR. Avaliação da qualidade de vida de praticantes da ginástica laboral. Ribeirão Preto: Reva Online Medicina. 2017; 50(1):11-17.

Souza MT, Silva MD, Carvalho R. Revisão Integrativa: o que é e como fazer? São Paulo: Rev Einstein. 2010; 8(1):102-106.

Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Making the case for evidence-based practice. In: Evidencebased practice in nursing & healthcare. A guide to best practice. Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Philadelphia: Lippincot Williams & Wilkins. 2005.

Santos EC, Andrade RD, Lopes SGR, Valgas C. Prevalência de dor musculoesquelética em profissionais de enfermagem que atuam na ortopedia. São Paulo: Revista Dor. 2017; 18(4):298-306.

Ferracini GN, Valente, FM. Presença de sintomas musculoesqueléticos e efeitos da ginástica laboral em funcionários do setor administrativo de um hospital público. São Paulo: Revista Dor. 2010; 11(3):233-236.

Walsh IAP, Bertoncello D, Frizzo HCF, Alves SG, Santos WLM. Percepção dos servidores de um Hospital de Clínicas sobre os efeitos da Ginástica Laboral. Uberaba: Revista Refacs. 2014; 2(1):22-27.

Rodrigues BC, Moreira CCC, Triana TA, Rabelo JF, Higarashi IH. Limitações e consequências na vida do trabalhador ocasionadas por doenças relacionadas ao trabalho. Fortaleza: Rev Rede Enferm Nordeste. 2013; 14(2):448-457.


Visualizações do PDF:

48 views


Visualizações do Resumo:

310 views

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
Copyright: ©-2014 Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem. Todos os direitos reservados.
Tema: Mason Publishing Group. Customizado por: Articloud