Cultura de segurança do paciente sob a ótica dos profissionais de enfermagem

Autores

  • Rafael Mondego Fontenele fhaelmondego@gmail.com
  • Lucas Matheus Araújo dos Santos lucasmatheusaraujo97@gmail.com
  • Sheila Regina de Sousa Santos sheila.regina.enf@gmail.com
  • Manuelly Cutrim Gomes manuellycutrimgomes@gmail.com
  • Peterson de Almeida Lima petersonlima@hotmail.com
  • Hariane Freitas Rocha Almeida harianealmeida@hotmail.com

DOI:

10.24276/rrecien2023.13.41.595-603

Palavras-chave:

Segurança do Paciente, Profissionais de Enfermagem, Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde

Resumo

A cultura de segurança do paciente é um eixo estrutural para implementação de práticas seguras e a redução de eventos adversos relacionados à assistência à saúde. O presente estudo teve como objetivo analisar a cultura de segurança do paciente sob a ótica dos profissionais de enfermagem. Tratou-se de um estudo transversal com abordagem quantitativa. A pesquisa foi realizada com 100 profissionais de enfermagem de um hospital privado do município de São Luís, Maranhão, durante o mês de novembro de 2020. Observou-se que 60% dos profissionais possuem entre dois e três vínculos de trabalho na área, 48% afirmaram que recebem treinamentos regulares, porém para 66% ainda há problemas com a perda de informações na troca de turnos. Concluiu-se que há incidência de falhas nos protocolos e na transição do cuidado especialmente durante as trocas de turnos, o que pode produzir impactos negativos na qualidade da assistência prestada pelos profissionais.

Descritores: Segurança do Paciente, Profissionais de Enfermagem, Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde.

 

Patient safety culture from the perspective of nursing professionals

Abstract: The patient safety culture is a structural axis for implementing safe practices and reducing adverse events related to health care. This study aimed to analyze the patient safety culture from the perspective of nursing professionals. This was a cross-sectional study with a quantitative approach. The survey was carried out with 100 nursing professionals from a private hospital in the city of São Luís, Maranhão, during the month of November 2020. It was observed that 60% of the professionals have between two and three jobs in the area, 48% stated that they receive regular training, but for 66% there are still problems with the loss of information when changing shifts. It was concluded that there is an incidence of failures in protocols and in the transition of care, especially during shift changes, which can have a negative impact on the quality of care provided by professionals.

Descriptors: Patient Safety, Nurse Practitioners, Quality Indicators, Health Care.

 

La cultura de seguridad del paciente desde la perspectiva de los profesionales de enfermería

Resumen: La cultura de seguridad del paciente es un eje estructural para la implementación de prácticas seguras y la reducción de eventos adversos relacionados con la atención a la salud. Este estudio tuvo como objetivo analizar la cultura de seguridad del paciente desde la perspectiva de los profesionales de enfermería. Este fue un estudio transversal con un enfoque cuantitativo. La encuesta fue realizada con 100 profesionales de enfermería de un hospital privado en la ciudad de São Luís, Maranhão, durante el mes de noviembre de 2020. Se observó que el 60% de los profesionales tienen entre dos y tres trabajos en el área, el 48% afirmaron que reciben capacitación regular, pero para el 66% todavía hay problemas con la pérdida de información al cambiar de turno. Se concluyó que existe una incidencia de fallas en los protocolos y en la transición de la atención, especialmente durante los cambios de turno, lo que puede tener un impacto negativo en la calidad de la atención brindada por los profesionales.

Descriptores: Seguridad del Paciente, Enfermeras Practicantes, Indicadores de Calidad de la Atención de Salud.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bastos WDG, Souza AMM, Silva MAS, Leal PS, Oliveira RC, Randau KP. Análise da segurança do paciente crítico com uso de medicamentos de alta vigilância na rede sentinela. São Paulo: Rev Recien. 2023; 13(41):148-157.

World Health Organization. Patient safety research: introductory course - Session 1. What is patient safety? [place unknown]: WHO; 2012. Disponível em: <http://www.who.int/patientsafety/research/online_course/en/>.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Incidentes relacionados à assistência à saúde. Resultados das notificações realizadas no Notivisa. Brasil, 2014 a dezembro de 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/servicosdesaude/notificacoes/notificacao-de-incidentes-eventos-adversos-nao-infecciosos-relacionados-a-assistencia-a-saude/relatorios-de-incidentes-eventos-adversos-relacionados-a-assistencia-a-saude>.

Soares EA, Carvalho TLC, Santos JLP, Silva SM, Matos JC. Cultura de segurança do paciente e a prática de notificação de eventos adversos. REAS/EJCH. 2019; 36(e1657):1-10.

Lemos GS, Mota IVR, Reis AMM, Perini E, Rosa MB, Pádua CAM. Cultura de segurança do paciente e notificação de eventos adversos de equipe multiprofissional de saúde. Research, Society and Development. 2021; 10(8):1-13.

Andrade ACL, Penteado GFR, Braga PPC, Mendes SP, Cavalini RG. A percepção dos profissionais de saúde sobre a cultura de segurança do paciente em um hospital de ensino da grande São Paulo. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação. 2021;7(10):231-261.

Anjos ES, Viana MF, Damião DBS, Castro RF, Santos KRS, Oliveira JFS, et al. Segurança do paciente: ocorrência de eventos adversos relacionados a assistência à saúde entre pacientes internados em um hospital referência em infectologia. Feridas. 2021; 09(47):1725-1731.

França ACS, Firmo WCA, Pinto WML, Moura MES. Avaliação do clima de segurança do paciente entre profissionais de enfermagem. Ciencia y Enfermeria. 2020; 26(7):1-10.

Santos PRA, Rocha FLR, Sampaio CSJC. Ações para segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos em unidades de pronto atendimento. Rev Gaúcha Enferm. 2019; 40(spe):1-9.

Lima EL, Valente FBG, Souza ADCS. Ocorrência de erros no preparo e na administração de medicamentos em unidade de pronto atendimento. Rev Eletr Enferm. 2022; 24(68956):1-7.

Spigolon DN, Lima AML, Teston EF, Maran E, Costa MAR, Derenzo N. Impact of the nonconformity of nursing notes in the context of hospital glosses. Ciênc Cuid Saúde. 2019; 18(1):1-6.

Nazário SS, Cruz EDA, Batista J, Silva DP, Pedro RL, Laynes RL. Caracterização de eventos adversos hospitalares: busca ativa versus notificação espontânea. Cogitare Enferm. 2022; (27:e82040):1-9.

Koerich C, Erdmann AL, Lanzoni GMM. Professional interaction in management of the triad: Permanent Education in Health, patient safety and quality. Rev Latino Am Enferm. 2020; 28(e3379):1-10.

Duarte SCM, Azevedo SS, Muinck GC, Costa TF, Cardoso MMVN, Moraes JRMM. Best Safety Practices in nursing care in Neonatal Intensive Therapy. Rev Bras Enferm. 2020;73(2):1-9.

Castro CMCSP, Marques MCMP, Vaz CROT. Comunicação na transição de cuidados de enfermagem em um serviço de emergência de Portugal. Cogitare Enferm. 2022; 27(e81767):1-12.

Carvalho PR, Ferraz ESD, Teixeira CC, Machado VB, Bezerra ALQ, Paranaguá TTB. Patient participation in care safety: Primary Health Care professionals’ perception. Rev Bras Enferm. 2021;74(2):1-10.

Publicado

15-07-2023
Métricas
  • Visualizações 0
  • pdf downloads: 0

Como Citar

FONTENELE, R. M. .; SANTOS, L. M. A. dos .; SANTOS, S. R. de S. .; GOMES, M. C. .; LIMA, P. de A. .; ALMEIDA, H. F. R. . Cultura de segurança do paciente sob a ótica dos profissionais de enfermagem. Revista Recien - Revista Científica de Enfermagem, [S. l.], v. 13, n. 41, p. 595–603, 2023. DOI: 10.24276/rrecien2023.13.41.595-603. Disponível em: http://recien.com.br/index.php/Recien/article/view/769. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos